Diretora administrativa: Rosane Michels
Segunda-feira, 27 de Maio de 2024
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
juba outra
Licitações e obras públicas
Data:18/04/2024 - Hora:23h19

O governo do estado apresentou um novo modelo de licitação. Obra de 50 milhões de reais para cima teria que ter esse tipo novo de licitação. Quem ganhar a obra, junto com a empresa de seguros do empreendimento, se não terminar o projeto, o estado seria indenizado. Ou a seguradora termina a obra ou pagaria por ela pelos menos 30% daquilo que o estado já pagou.

Hoje se tem seguro em obras mas a coisa não funciona bem assim. São tantos escapes a apelos jurídicos que o poder público fica a ver navios. Aí entra outra administração e a coisa piora. Sem querer ser maldoso, quem sabe a seguradora e a empreiteira podem até ter ajudado na eleição.               

Deixando maledicências e ilações para trás, é preciso mesmo algo diferente nas licitações para a realização de obras pelo estado. Não pode ser como tem sido.          

Tantos casos mostram, ao longo dos anos, que muitas empreiteiras não teriam condições para tocar aquela obra em licitação. Mas ela participava e o setor que faz a licitação a aceitava. A empreiteira, sabe-se lá como, ganhava a licitação, recebe uma parcela do dinheiro e abandona a obra. Tem que se fazer nova licitação, quanto o poder público perde com isso?

Já pensou um levantamento histórico de obras paradas por esses motivos? Quantos em bilhões de reais corrigidos o estado perdeu? Quanto desses recursos tomado do contribuinte poderia ter ido para melhorar a saúde e a educação no estado?            

É interessante observar que por muito tempo os caras que faziam essas estripulias em licitações e não cumpriam contratos eram respeitados no estado. Eram “empreiteiros”. Quantas dezenas de empresas desse tipo desapareceram ao longo do tempo? Um levantamento nos lugares que fazem esses registros públicos mostraria o descalabro que ocorria nessa área.          

Empresas abriam e fechavam como se fosse a coisa mais natural do mundo. E muitas vezes com os mesmos donos que entravam em licitações e ganhavam. Aqueles mesmos que tinham ganhado outras licitações e não cumpriram o contrato. Como é que a sociedade aceitava tudo isso? E os tais empreiteiros eram figuras “respeitadas” na sociedade.           

A sociedade delegava poderes para órgãos de controle para fazerem esse trabalho. Pouquíssimas vezes se ouviu falar que esse ou aquele órgão de fiscalização havia detectado erros em cumprimento de licitações e fez a empreiteira fazer correções. Más línguas dizem que existia alguma cobrança, mas, sabe-se lá por que, muitas vezes a coisa ficava por isso mesmo.           

Quem sabe esse novo modelo de licitação possa trazer para o ringue da coisa pública também um trabalho maior dos órgãos de controle. E, se o sonho permite, trazer também um olhar mais firme da sociedade, da mídia, das universidades, para esse assunto das licitações de obras públicas.           

Não se pode continuar como sempre foi. Tem tantos outros lugares para usar dinheiro público com resultados maiores para sociedade do que apenas entrar no bolso de alguns dos tais empreiteiros. ___***Alfredo da Mota Menezes é analista político.

 

*Os artigos são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal Correio Cacerense.




fonte: Alfredo da Mota Menezes



JBA AREEIRA rotary
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
m pref
zoom
m aguas
m ambra
m grendene
High Society
No rol dos aniversariantes a querida professora de piano Maria Madalena Souza Pinto, que no sábado 25 comemora data nova. Desejamos a você um aniversário repleto de alegria, amor e muitas bênçãos. Que cada momento do seu dia seja tão maravilhoso quanto a pessoa incrível que você é. Que este novo ano de vida traga muitas realizações, saúde e felicidade. Estamos muito felizes em poder compartilhar este momento com você.  Fluídos positivos a aniversariante da semana Franciane Vieira, a qual desejamos toda a felicidade do mundo. Que seu caminho seja iluminado com muito amor, saúde e sucesso. Que você continue sendo essa pessoa maravilhosa e inspiradora que todos nós admiramos. Parabéns por mais um ano de vida! Que seu ano seja repleto de sorrisos, abraços calorosos e momentos inesquecíveis ao lado de quem você ama. Ao lado dos amigos do Rotary, a encantadora Brenda Caroline festejou mais um ano de vida recebendo o carinho especial dos companheiros do RCC Pantanal. Receba hoje nossos Parabéns, rogando a Deus bênçãos de saúde, paz e prosperidades.   Tim tim!
Ultimas notícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados