Diretora administrativa: Rosane Michels
Quinta-feira, 25 de Abril de 2024
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
juba outra
Câmara de Cáceres aprova recursos para custear piso nacional dos técnicos em enfermagem do municípi
Data:30/11/2023 - Hora:01h27
Câmara de Cáceres aprova recursos para custear piso  nacional dos técnicos em enfermagem do municípi
CMC

A Câmara de Cáceres aprovou, em sessão ordinária desta segunda-feira (27/11), dois importantes créditos adicionais especiais para custear despesas da Secretaria de Saúde, bem como o piso salarial nacional dos profissionais de enfermagem do município. Os créditos adicionais foram aprovados por meio dos projetos de leis 099/23 e 095/23.   

O PL 099/23 é referente ao valor de R$ 37.862,71, para custear o piso nacional da enfermagem.  O vereador Cézare Pastorello destacou que o recurso vai diretamente para a conta dos técnicos e técnicas em enfermagem, tanto efetivos, quanto contratados.   

"Não é utilizado no pagamento de outras obrigações patronais, realmente, apenas salário, e, ainda, não é o suficiente, para compensar o trabalho que eles e elas têm em nossa cidade", ressaltou.  

Apesar de reconhecer a importância da matéria, o parlamentar criticou a maneira com ela vem sendo tramitada na casa de leis 

Detalhou que a prefeitura deveria ter encaminhado o montante do recurso para o piso da categoria em sua integralidade, e não de maneira parcelada, como vem ocorrendo nos últimos meses. "Nós estamos votando todos os meses a mesma coisa", criticou da tribuna.  

RECURSOS DA COVID 

Já o PL 095/23 foi aprovado um crédito adicional no valor de R$ 500 mil, para custear despesas da Secretaria de Saúde do município, como: contratação de pessoal, pagamento de vencimentos e vantagens fixas dos servidores. A fonte do recurso também é Federal e advém do programa de "ações de enfrentamento à pandemia do coronavírus no âmbito do SUS-Covid-19". 

Apesar de ter votado favorável à matéria, os vereadores Flávio Negação (UNIÃO), Lacerda do Aki (PRTB) e Marcos Ribeiro (PSDB) questionaram a fonte de recurso, que, segundo eles, deveria ter sido usada na época da Covid-19.  

"Estamos de acordo: o dinheiro serve para isso. Mas esse não é o ponto. Deveria ter usado esse dinheiro lá atrás, para ter salvado mais vidas. E como que agora está aparecendo esse dinheiro que disseram que não existia", enfatizou o vereador Negação.  

DEVOLUÇÃO MILIONÁRIA 

Durante a sessão, o vereador Manga Rosa (PSB), presidente da Comissão de Constituição e Justiça, lamentou que a prefeitura não tenha usado em tempo hábil o recurso federal de R$ 1, 4 milhão, para custear o transporte público gratuito aos idosos de Cáceres. O auxílio não foi implantado devido a falta de um sistema de transporte público coletivo na cidade. Em razão disso, o recurso terá que ser devolvido ao Governo Federal. A devolutiva consta no Projeto de Lei 083/23, que foi aprovado pela Câmara, durante a sessão.  

"Nós temos pessoas idosas que vem do Jardim Aeroporto, do Jardim Universitário, dos locais mais distantes, até o centro da cidade, e, infelizmente, não têm o transporte público. Perdemos uma grande oportunidade", destacou Manga Rosa.  

A pauta na íntegra da sessão ordinária nesta segunda-feira (27/11) pode ser conferida pelo link: https://sapl.caceres.mt.leg.br/sessao/pauta-sessao/407/ 

 




fonte: Por Sec. Imprensa Câmara Mun. Cáceres



Não foi possível realizar a consulta ao banco de dados