Diretora administrativa: Rosane Michels
Domingo, 21 de Abril de 2024
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
Aguas coleta
Revogação da lei que impede contratação de professores por dois anos será votada na próxima segunda-
Data:09/11/2023 - Hora:23h00
Revogação da lei que impede contratação de professores por dois anos será votada na próxima segunda-
CMC

A revogação da Lei 3.144/23 será votada na Câmara de Cáceres na próxima segunda-feira (13/11). A medida impede que a prefeitura recontrate professores que já estejam atuando na rede municipal de ensino por dois anos. A decisão do adiamento foi tomada pelo presidente da Casa, Luiz Landim (PV), durante sessão ordinária de segunda-feira (6/11), e contou com o respaldo da maioria dos vereadores. 

A justificativa foi que o projeto não estava em pauta, e sequer passou por análise nas comissões internas da Câmara, entre elas, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), a principal da Casa de Leis.  

"A gente se compromete em votar esse projeto na segunda-feira (13/11), data da próxima sessão ordinária. Não vamos acelerar, a pedido do Executivo, e, também, a pedido de vereadores. Temos um regimento que precisa ser respeitado, e estamos aqui para fazer o que é correto", disse Landim aos professores que lotaram as galerias da Câmara para acompanhar a sessão.   

"Estou muito feliz e motivada em vê-los aqui. Isso demonstra a força da categoria", ressaltou a vereadora Mazéh Silva (PT), que também é professora  da rede municipal.  

Ela - que é presidente da Comissão de Educação da Câmara - garantiu aos trabalhadores da que irá se reunir com os demais membros, em tempo hábil, para analisar o projeto, para que ele tenha condições de ser votado na semana que vem.  

Geni Lemes, presidente da Associação Municipal dos Profissionais de Educação (Ampec), concordou com a postura do presidente da Câmara em adiar a votação.  

"É uma postura correta. Porque, se os vereadores e vereadoras votam sem seguir os trâmites regimentais da Casa é uma desculpa para o Executivo vetar a revogação da Lei 3.144", disse Geni.   

A presidente da Ampec também fez um apelo aos vereadores e vereadoras. "Solicitamos apoio desta Casa, para que nossos anseios sejam atendidos", disse, da Tribuna Livre. 

 




fonte: Por Marcio Camilo da Cruz



Não foi possível realizar a consulta ao banco de dados