Diretora administrativa: Rosane Michels
Domingo, 21 de Abril de 2024
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
Aguas coleta
Não deixe a hipocrisia se alojar no seu coração
Data:01/09/2023 - Hora:08h33

“Ai de vós, mestres da Lei e fariseus hipócritas! Vós sois como sepulcros caiados: por fora parecem belos, mas por dentro estão cheios de ossos de mortos e de toda podridão!” (Mateus 23,27) 

 

Como nós podemos perceber, Jesus continua, no Evangelho de hoje, a criticar a hipocrisia dos mestres da Lei e dos fariseus. Jesus aponta, com clareza, o mal que se aloja no coração do homem e o faz viver de aparências. 

A crítica desse Evangelho de hoje recai sobre a atitude de hipocrisia desses líderes, desses mestres da Lei, dos fariseus que viviam somente de aparência, ou seja, por fora pareciam belos, ajustados, mas por dentro não passavam de sepulcros (sepulcros caiados, como vai dizer a Palavra) — cheios de podridão. 

Muitas vezes, conseguimos ver somente aquilo que está no externo; não vemos aquilo que está dentro, mas Jesus vê o que está dentro. E Ele afirma que por dentro eles são como corpos em decomposição, ou seja, eles nem conseguem imaginar esse estado de podridão, esse estado deplorável que estão por dentro. É uma imagem forte de se imaginar! 

Jesus deseja fazê-los compreender a situação em que se encontra o interior de alguém que vive a hipocrisia 

Podemos perceber que Jesus não mede palavras, é uma tentativa de fazê-los enxergar a gravidade que é viver de aparências. Jesus deseja fazê-los compreender a situação em que se encontra o interior de alguém que vive a hipocrisia: por fora, parece santo e perfeito, mas por dentro está cheio de maldade e desonestidade. E Jesus compara isso, justamente, com os túmulos que por fora podem estar arrumados, demonstram beleza, mas por dentro estão cheios de morte. 

A hipocrisia gera morte. E essas são denúncias proféticas feitas por Jesus, mostrando a sua coragem em apontar as atitudes erradas que são ocultas, que ninguém parece ver, mas que existem. 

Assim, o texto de hoje busca abrir os nossos olhos para essa prática da incoerência que também pode acontecer na nossa vida. Chama-nos atenção para sermos cristãos com atitudes também proféticas, de uma vivência de coerência, onde a Palavra de Deus tenha eficácia. Aquele que vive a coerência, a Palavra de Deus tem eficácia na sua vida e não gera morte, mas sim vida. 

Desça sobre vós a bênção do Deus Todo-poderoso. Pai, Filho e Espírito Santo. Amém! 

 

Padre Bruno Antônio - Sacerdote da Comunidade Canção Nova




fonte: Padre Bruno Antônio



Não foi possível realizar a consulta ao banco de dados