Diretora administrativa: Rosane Michels
Domingo, 21 de Abril de 2024
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
Aguas coleta
Voluntariado: um exercício de solidariedade e cidadania
Data:01/09/2023 - Hora:07h57
Voluntariado: um exercício de solidariedade e cidadania
Freepik

Você provavelmente já ouviu dizer que o trabalho voluntário é uma via de mão dupla. E realmente é, porque o voluntário doa seu tempo, sua energia e sua criatividade, mas em troca recebe contato humano, convivência com pessoas diferentes, oportunidade de novos aprendizados e a satisfação de Servir. Hoje o nosso bate papo será sobre o Voluntariado, cuja data maior foi celebrada no último dia 28 de agosto. Instituído no Brasil pela Lei nº 7.352 de 1985, só foi regulamentado na década de 1990 pela Lei nº 9.608. De acordo com a Pesquisa Voluntariado 2021, existem cerca de 57 milhões de voluntários ativos no Brasil e a Solidariedade é o fator determinante que leva as pessoas a se envolverem com esse trabalho, que é caracterizado como um trabalho sem retorno financeiro, isto é, sem remuneração em vínculo empregatício. Portanto, um conjunto de ações focadas, especialmente, em interesses sociais e comunitários para a população, ou seja, a doação do seu tempo em prol de ajudar o outro. Nesse contexto, o trabalho voluntário surgiu como forma de a sociedade civil exercer uma cidadania ativa, contribuindo para o bem comum e interesses coletivos. Percebe-se com isso o importante papel dos voluntários na construção de um mundo melhor, tanto que o Secretário Geral das Nações Unidas, António Guterres, declarou que “o voluntariado é um mecanismo poderoso para envolver as pessoas, especialmente as que são deixadas mais para trás no alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável”. 

No trabalho voluntário, cada pessoa contribui na medida de suas possibilidades e com o tempo livre de que dispõe. As formas de ação voluntária são variadas e podem ser prestadas presencialmente ou à distância: realizando ações individuais; participando de campanhas; juntando-se a grupos comunitários; trabalhando em organizações sociais; participando de projetos públicos; sendo voluntário em escolas, entre outros.  

No mundo todo esse trabalho é exercido com maestria por clubes de serviço, igrejas, grupos de amigos, associações, fundações, Ongs e pessoas em geral que se unem pela causa social com o único objetivo de ajudar o próximo. E aqui um adendo ao trabalho prestado pelos clubes de Rotary no mundo, que há 118 vem fazendo a diferença e transformando a realidade das pessoas atendidas pelos projetos, a exemplo a erradicação da Poliomielite e agora a erradicação da Hepatite C a nível global, a esses somam inúmeras ações praticadas por mais de um milhão de rotarianos que integram os mais de 36 mil clubes  inseridos em 218 países e regiões,  concentrados em  ações que atendam as sete áreas de enfoque do Rotary International que são: Promoção da pazCombate a doençasFornecimento de água limpaSaúde de mães e filhosApoio à educaçãoDesenvolvimento econômico e Proteção ao meio ambiente. Tanto é o impacto que causa nas comunidades no mundo, como rotariana posso afirmar que os dois principais lemas rotário “Dar de Si, antes de pensar em Si” e “Mais se beneficia, quem melhor Serve” datados dos primórdios da organização nos idos de 1905 continuam sendo a inspiração dos rotarianos que tem na alma o trabalho voluntário e o espírito do Servir, que eleva a expectativa de vida e solidifica a vitalidade, proporcionando uma sensação de paz, bem-estar, dever cumprido e felicidade. Se você sente que pode contribuir com uma causa que ajudará a sua comunidade e irá melhorar o mundo, dê esse passo: SEJA UM VOLUNTÁRIO! Você terá a gratidão do beneficiado, mas sentirá que o maior benefício é você quem colherá.   Bom Dia! 

 




fonte: Rosane Michelis



Não foi possível realizar a consulta ao banco de dados