Diretora administrativa: Rosane Michels
Domingo, 21 de Abril de 2024
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
Aguas coleta
Alimente, em seu coração, o amor de Cristo
Data:12/05/2023 - Hora:08h42

“Naquele tempo, disse Jesus a seus discípulos: ‘Como meu Pai me amou,  assim também eu vos amei. Permanecei no meu amor’”. (João 15,9) 

 

Bom, que tipo de amor nós estamos tratando? É o amor Ágape, o amor que dá a vida. Um tipo de amor que suscita no outro uma certeza tão profunda de ser amado, que isso acaba produzindo um “efeito cascata”. É uma força, um efeito gerador de amor. Com o mesmo amor que nós fomos amados, esse amor começa a produzir, dentro de nós, uma capacidade que não podemos nos imaginar experimentando: o amor de Jesus. 

Por isso Ele diz: “Permanecei no meu amor”. Você vai ter a capacidade até de perdoar uma situação ou uma pessoa que você jamais imaginaria que poderia acontecer, porque você permitiu que o amor Ágape de Deus gerasse, no teu coração, também uma força de amor. 

É por isso que, quando a pessoa não se sente amada, ela perde até o gosto de viver, ela não tem capacidade para mais nada. Por isso Jesus expressou essa necessidade para nós, de permanecermos no Seu amor. Ou seja, experimentá-Lo todos os dias, experimentá-Lo em cada situação da nossa vida. 

E como eu vou permanecer no amor de Jesus? Seguindo a Sua Palavra. Porque Jesus disse: “Permanecei no meu amor obedecendo os meus mandamentos, ouvindo a minha Palavra”. 

Precisamos permanecer no amor de Cristo e alimentá-lo todos os dias 

Quando você ama alguém, a palavra daquela pessoa tem um peso. Quando você ama, de verdade, uma pessoa, a palavra dela pode ser decisiva para você em discernimento. Se a palavra daquela pessoa não tem nenhum valor para você, é ponto de questionar se realmente é amor, porque quando nós amamos alguém, a palavra daquela pessoa é importante. 

Então, se nós dizemos que amamos Jesus, precisamos conservar dentro de nós a Sua Palavra, precisamos dar peso para a Palavra de Cristo; os mandamentos d’Ele precisam ser levados a sério, não podemos fazer de conta que não sabemos. Os mandamentos do Senhor são para nós fonte de vida, e não podemos viver ignorando os mandamentos d’Ele, ignorando Sua Palavra. 

Como é que vou dizer que permaneço no amor de Cristo se passo 10 anos sem me confessar, se passo tanto tempo longe da Santa Missa sem comungar o Corpo e Sangue do Senhor? Para nós cristãos, para nós católicos, como podemos dizer que somos cristãos e vivermos desse jeito? 

Falo aqui para os católicos, mas se você, que é de outro credo, de outra religião e acompanha, por exemplo, o nosso canal, acompanha as reflexões do padre, isso vale para você também, que professa uma outra fé e não vai no culto da sua igreja, não vai estar com a sua comunidade, não vai ter o contato diário com a Palavra de Deus. É impossível! Precisamos permanecer no amor de Cristo, escutar a Sua Palavra e alimentar esse amor todos os dias. 

Vamos alimentar o amor de Cristo para que Ele cresça cada vez mais dentro de nós, e sejamos também portadores desse amor para tantas pessoas que precisam dele. 

Sobre todos vós desça a bênção do Deus Todo-poderoso. Pai, Filho e Espírito Santo. Amém! 

 

Padre Donizete Ferreira - Sacerdote da Comunidade Canção Nova. 




fonte: Padre Donizete Ferreira



Não foi possível realizar a consulta ao banco de dados