Diretora administrativa: Rosane Michels
Domingo, 21 de Abril de 2024
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
juba outra
Alexa Jacta Est?
Data:12/03/2022 - Hora:11h42
Alexa Jacta Est?
Reprodução Web

Como se não bastasse a jogatina oficial diária no Cassino Brasil, Lotomania, lotofácil, mega sena, dupla Sena, lotogol, quina, timemania, lotecas, dia de sorte, super sete e os milhares de Cap’s espalhados por este Brezil de Deus, os nossos empregados do congresso nacional, aprovam a volta dos jogos de azar, como se os tais oficiais não o fossem. No jogo político, a volta dos cassinos, bingos, jogo do bicho, o famoso JB do Barão de Drummond, sob o marketing de zooteca e as famigeradas máquinas de caça níqueis, claro, que tudo faturado em impostos, pode voltar em breve com a chancela oficial. Lembramos que exceto os extintos bingos há cerca de duas décadas e os Cap’s regionais, os jogos de azar foram proscritos na década de 40 do século passado, mais propriamente em abril de 1946 pelo então presidente Eurico de Gaspar Dutra, com a recém-criada LCP a Lei de Execuções Penais. No bojo dela, os infratores do jogo de azar eram apenados com detenção de 3 meses a um ano e multa, ao passo que no tal JB, a pena era de 4 meses a um ano e multa. Os jogos não oficiais sempre foram combatidos pelas polícias, acreditam muitos, por não pagar impostos, e, o governo com seu erário, saco sem fundo, não perdoa ninguém, tamanha sua gana para bancar as esbórnias dos poderosos encastelados. Lembra o famoso gangster Alfred Cap, o Al-Capone, preso e morto pelo FBI, dizem, por não pagar impostos com a falsificação de whisky. Tudo bem, que a féria do JB fica na origem, que a comissão dos cambistas é mais que o dobro pago pelas lotéricas, mas...Tudo mal, que a exemplo de outros jogos, todos são perniciosos a uma vida saudável. Oficiais ou não, os jogos viciam, e, geralmente as vítimas são sonhadores humildes que muitas vezes se privam do essencial, para o joguinho dito, lavadeira, que diga, se, somado, causa um estrago no já frágil orçamento doméstico do fulano ou sicrano. Só pra mencionar a dificuldade de sorte num jogo de azar, alguém se lembra de algum premiado com a Mega-Sena em nossa cidade, mesmo com as milhares de apostas nos chalés lotéricos da city? Sinal claro, de que o trem é mesmo cosquento. Te cuida não, Mané, que logo, logo, você vai estar vendendo o almoço prá comprar o jantar. Enquanto isso, o governo e os banheiros da jogatina, comem caviar regado a wisky on-the-rock, bancados pelo seu suor. Não trabalha não, que a casa cai. Concluindo, alguém já teve notícia de prestação de contas do governo no faturamento das lotos oficiais? Algum explorador de Cap (cartelas, prêmios, bruto e líquido) presta conta de arrecadação? Never all-right, brother, sinal de que algo errado pode estar acontecendo, né? Fechando, mais errado é ser refém dos jogos, que se fossem coisa boa, não seria de azar. Então, Alea Jacta Est, .... Non! 




fonte: Da Redação



Não foi possível realizar a consulta ao banco de dados