Diretora administrativa: Rosane Michels
Domingo, 21 de Abril de 2024
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
Aguas coleta
Poder Podre
Data:07/12/2021 - Hora:07h52
Poder Podre
Reprodução Web

Todos são iguais perante a lei, revogadas as disposições em contrário: anote aí, revogadas, ou seja, sem efeitos, será? Só se for na terra do nunca, num dia D, na hora Agá, pá de cal na letra morta constitucional do País do vale-tudo, prá quem tem o poder. Ah, o poder, que se traduz pelo domínio sobre algo, geralmente mantido por uma hierarquia daqueles que o detém sob o manto da opressão. Luc Actom, já dizia que o poder tende a corromper seu detentor e seus atos e Maquiavel de forma sutil, afirmava que bastava dar o poder a uma pessoa para destruí-la, como pessoa, claro, pois a destruição sempre fica no rastro corruptor do dito cujo, vitimando o povo e instituições. O poder exercido pelos corruptos, a maioria, torna-se podre em sua essência e a gente paga caro pelas mazelas decorrentes, consequências do servilismo do baixo clero e apaniguados, que mastigam as migalhas da casa grande. Obviamente, insensíveis aos famintos das senzalas periféricas dos centrões das células das UF's, nossas esquecidas cidades, cuja população via impostos, sustenta os banquetes dos poderosos. Sem exageros, matando a cobra e mostrando o pau e a cobra, sabiam que um deputado federal custa aos nossos bolsos R$ 139 mil/mês entre salário de R$ 33.768,00 e penduricalhos como verbas genéricas para tudo? A merreca é algo em torno de 11 anos de trabalho de um assalariado, que sem poder algum, paga por tudo com o suor de seu trabalho, sem nenhuma regalia. Como o poder está literalmente arraigado à política, claro que a gente não poderia abordar nefasto assunto excluindo os contaminados transmissores do maldito vírus corrupção, a marca registrada do poder. Exemplificando, lembra aquela ascensão do simples vereador que galgou a assembleia legislativa ao se mancomunar com deputados da capital, chegou à câmara federal após se unir aos grandes corruptos candangos e almeja alçar uma avoada ao senado na próxima? Olho grande porque no senado são 8 anos sem disputar reeleição, é mandato biônico, né? Coisas do poder, que tem criado dinastias políticas, de avós, pais, filhos, netos, no comando do jogo, típicos do norte e nordeste tupiniquim, sustentados pelos impostos pagos por nós e apoios de cabides eleitoreiros. A situação do poder corrupto no patropi só não é mais crítica, por força do poder judiciário. Guardião da Constituição Federal, magistrados, desembargadores e ministros discípulos de Themis, tem destravado brechas do legislativo corporativo, sempre que possível, controlando em parte e coibindo os abusos dos poderosos. E, não pense o leitor que possa haver uma solução contra este poder podre sequer a médio prazo. Enquanto não se educar o eleitor, eles, os corruptos continuarão dando as cartas neste jogo sujo. 

 




fonte: Da Redação



Não foi possível realizar a consulta ao banco de dados