Diretora administrativa: Rosane Michels
Terça-feira, 17 de Outubro de 2017
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Energisa/MT exclui mais de 40 mil da tarifa social
Data:12/03/2015 - Hora:07h10
Este mês, 40,944 mil mato-grossenses perderam o benefício da Tarifa Social de Energia Elétrica Baixa Renda (TSEE) e outros 36,226 mil clientes da concessionária de energia no Estado correm o mesmo risco até maio, se não atualizarem as informações junto ao CadÚnico. O benefício será restabelecido caso esses consumidores voltem a fazer parte do cadastro. A atualização faz parte das novas regras para recebimento da TSEE definidas em 2014 pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). De acordo com a Energisa Mato Grosso (ex-Cemat), desde janeiro de 2015, apenas os clientes que cumprirem os critérios estabelecidos no programa e estiverem com seus dados atualizados nos cadastros sociais do governo federal podem ter acesso ao benefício. A distribuidora frisa que apenas os consumidores que receberam o comunicado da empresa a respeito deste assunto precisam entrar em contato com as prefeituras para regularizar os cadastros e posteriormente apresentarem à Energisa para manter o benefício. “A Energisa ressalta que está cumprindo a determinação da Aneel dentro do cronograma estipulado e no formato exigido pela agência reguladora. A empresa já comunicou a todos os beneficiários da Tarifa Social a respeito desta mudança de forma individual, por meio de carta. O descredenciamento das famílias que não cumprirem os requisitos para a permanência no programa está sendo realizado pela Energisa de forma gradual, ao longo do 1º semestre de 2015”, diz o comunicado. A Energisa Mato Grosso atende a 1,27 milhão de clientes, sendo 967 mil residenciais. Desses, o percentual de beneficiados pela tarifa social em dezembro era de 16,7% (163 mil) e foi para 13,05% em janeiro (123 mil). Segundo a superintendente do PROCON, Gisela Viana, diante do grande número de pessoas que não fez o recadastramento e, conseqüentemente, o grande número de consumidores excluídos da tarifa social, o PROCON vai notificar a concessionária para saber se houve ampla divulgação dos prazos determinados pelo governo federal. O órgão quer saber se houve falha no processo de informação ao consumidor. “No 1º momento para ter esse esclarecimento e aí, num 2º momento, se for necessário, tomar as providências cabíveis”. Dentre os novos critérios do programa estabelecidos pela Aneel, 2 venceriam em março: avaliação se a família estava inscrita no cadastro único e se possui renda compatível com a concessão do benefício ou ainda se recebe o BPC (Benefício de Prestação Continuada); e se a família possuía benefício da TSEE em uma única unidade consumidora. Para ambas, o prazo para envio da notificação ao cliente era novembro do ano passado e o mês limite para retirada do benefício era janeiro de 2015. Vence em maio, a verificação se os dados da família foram atualizados no Cadastro Único há menos de 2 anos.


fonte: Assessoria com Redação



anuncie aqui AREEIRA anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
Boas vindas ao mais novo cacerense Samuel Oliveira Maciel, que veio ao mundo para alegrar ainda mais a vida do casal Wellington e Darlene e da vovó Isabel. Que Deus abençoe grandemente essa família. Parabenizamos a médica psiquiatra Patrice Zattar Ribeiro, que completou mais uma primavera. Na foto curtindo a data ao lado da irmã Ingrid em viagem a Montevidéu. Saúde, amor e felicidades. Festejou mais um ano de vida o garotão Murillo Basto, que na oportunidade foi abraçado pelos familiares e amigos. Muitas felicidades e muitos anos de vida são os nossos votos.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados