Diretora administrativa: Rosane Michels
Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2021
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Volume de drogas apreendidas pelo Gefron este ano é 119% maior que em 2019
Data:23/12/2020 - Hora:03h34
 Volume de drogas apreendidas pelo Gefron este ano é 119% maior que em 2019
Rodolfo Perdigão/Secom-MT

Com resultado positivo nas principais ocorrências de 2020, no período de janeiro a 30 de novembro, o Grupo Estadual de Segurança na Fronteira (Gefron) teve destaque na apreensão de 14,1 toneladas de drogas. Em comparação com o ano de 2019, quando foram apreendidas 6,4 toneladas, o volume atual representa 119% a mais. Já com relação aos veículos recuperados e apreendidos, foram 309 este ano e 247 no ano anterior (+25%).

Ao todo, foram registradas 313 ocorrências na região de fronteira, que unem esforços, além do Gefron, de forças federais e estaduais, como Polícias Militar (PM-MT) e Civil (PJC-MT), Polícia Federal (PF), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Força Aérea Brasileira (FAB).

Também houve registro de apreensões de moeda nacional, sendo R$ 231 mil em 2020, e R$ 73 mil no ano de 2019. Já o número de aeronaves apreendidas saltou de duas para 11 este ano, além do aumento de apreensão de munições, que foram 1.072 no ano anterior para 1.904 em 2020.

No caso das apreensões de armas, este ano o Gefron apreendeu 61. Prisões por mandado judicial somaram 35, enquanto 442 pessoas foram encaminhadas, sendo 418 brasileiros e 24 bolivianos.

“Os resultados positivos das apreensões são atribuídos ao aumento de disponibilização de recursos financeiros pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) e o Ministério da Justiça e Segurança Pública, para o desenvolvimento das operações na fronteira”, explica o comandante do Gefron, tenente-coronel PM Fábio Ricas Araújo.

Ele também enfatiza que os cursos de capacitação contribuíram para a produtividade. “As formações que são realizados anualmente também são importantes para o aprimoramento técnico dos profissionais que atuam em região de fronteira, e devido a isso e demais fatores o trabalho está surtindo efeito em apreensões e prejuízo ao crime”, esclarece.

Do balanço feito pelo Gefron, com base no Sistema de Registro de Ocorrências Policiais (SROP), apenas contrabando e apreensão de moeda estrangeira tiveram redução. As forças policiais apreenderam 29.950 kg de contrabando de produtos no ano passado e 3.625 kg este ano, já a apreensão de moedas estrangeiras (em dólar) caiu de US$ 128.530, 00 para US$ 32.031,00.

Contudo, totalizando as apreensões das moedas estrangeiras e nacionais, convertidas em valores atuais, conforme cotação do dólar em 30 de novembro de 2020 (R$ 5,34), o montante tirado de circulação chega a R$ 1.598.310,54.

“Com o valor do dólar atual, a redução na apreensão de moeda estrangeira e contrabando de produtos pode ser explicada porque a Bolívia deixou de ser atrativa com relação a compra de materiais de contrabando. Também tem a questão da pandemia, que resultou na redução drástica do fluxo de contrabandistas, assim o fluxo de moeda estrangeira na região também reduziu”, frisa o tenente-coronel PM Fábio Ricas.

   

 

                                                                                     




fonte: Luciana Gattass Crepaldi/Paróquia São Luiz



anuncie aqui rotary anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
rotary alimento
Multivida
rotary
High Society
Parabenizamos a linda Valentina Figueiredo que foi aprovada no vestibular de medicina da Unic. Merecidamente você conseguiu! E hoje os aplausos são todos para você! Parabéns! A força de vontade e a persistência trouxeram você a esse momento tão especial. Temos a convicção que essa conquista é o início de muitas outras...Que essa nova fase seja repleta de aprendizado e vitórias.  Um brinde ao casal Amarildo Merotti e Adriana Maciel Mendes, que celebraram mais um ano de casados, mais um ano de vida ungida pelas mãos de Deus. Desejamos que a felicidade continue fazendo parte do seu enlace matrimonial e que mais anos abençoados se possam acrescentar a todos aqueles que já contaram juntos. Um abraço forte a esse casal que tem fé no amor. Lançado o livro “Cáceres, Passado e presente de uma geografia poética” que proporciona ao leitor a arte em forma de poesia escrito pela ilustre cacerense Olga Castrillon Mendes, revelando a beleza histórica, cultural e religiosa da cidade com imagens capturadas pelas lentes do fotógrafo Rai Reis.  O livro valoriza e difundi a Princesinha, reconhecendo a importância e relevância do conjunto arquitetônico existente, como também o conjunto paisagístico da baía do Malheiros, rio Paraguai e Pantanal. Aplausos pelo belíssimo trabalho que teve apoio da ALMT, da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer e Prefeitura Municipal de Cáceres. Fica a dica de leitura.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados