Diretora administrativa: Rosane Michels
Segunda-feira, 18 de Janeiro de 2021
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Chamusca atribuiu falta de titulares na defesa do Cuiabá para justificar 3 gols do Paraná
Data:23/10/2020 - Hora:09h49
Chamusca atribuiu falta de titulares na defesa   do Cuiabá para justificar 3 gols do Paraná
Treinador Marcelo Chamusca (Foto: Arquivo)

 

A ausência de dez jogadores, lesionados ou suspensos, pesou para que o Cuiabá não saísse vitorioso do jogo contra o Paraná, que terminou em 3 a 3, ontem à noite na Arena Pantanal pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. A avaliação é do treinador Marcelo Chamusca, que também reconheceu o mérito do adversário por ter conseguido “construir aproveitando alguns erros do Cuiabá”. 

No entendimento de Chamusca, o time pecou no setor defensivo, que vinha sendo o ponto forte da equipe e que vinha garantido os resultados positivos, principalmente em casa. Com as ausências do capitão e zagueiro Anderson Conceição, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, e do substituto imediato, Luiz Gustavo, suspenso por expulsão no jogo contra o Guarani, do lateral esquerdo Romário e dos volantes Rafael Gava e Auremir, estes últimos lesionados, o treinador precisou improvisar no setor defensivo. 

Começou jogando com João Carlos; Hayner, Everton Sena (Léo), Ednei e Lucas Hernández; Matheus Barbosa e Jean Patrick. No decorrer do jogo substituiu Sena por Léo e Jean Patrick por Ferrugem. A falta dos titulares, admitiu Chamusca, influenciou no resultado. 

“Estamos numa fase em que os jogadores mais consistentes na parte defensiva estão lesionados e estamos com muita dificuldade para construir esta dupla (Anderson Conceição e Everton Sena) que dê um pouco mais de força de marcação. Hoje a gente ainda tinha a ausência de Luiz Gustavo que estava suspenso no último jogo e a gente ficou com poucas opções para posicionar no setor, ter mais consistência e sofrer menos no jogo”, justificou. 

Chamusca sabe que o time não vai ter uma campanha invicta e sabe que vai oscilar de acordo com as ausências de jogadores titulares. Foi assim entre a sétima e nona rodadas, quando também ficou sem oito atletas e o rendimento caiu, causando, inclusive, a perda da invencibilidade no ano ao ser derrotado pelo Vitória por 4 a 2. Principalmente pelas dificuldades, o treinador viu pontos positivos na partida e elogiou a postura do elenco. 

“A gente fica com o sentimento de tristeza. Vinhamos numa sequência de vitórias muito boas nos jogos em casa. Acho que tiveram alguns pontos positivos, como a superação da equipe para conseguir reverter, mesmo tomando gols em momentos bem complicados no jogo, e tivemos toda possibilidade de somar mais três pontos na tabela. Infelizmente não conseguimos”, completou. 

Agora vice-líder, com os mesmos 33 pontos da Chapecoense (que tem um jogo a menos), o Dourado começa a preparação para enfrentar o Sampaio Correia, sábado em São Luís. 

Classificação
1º – Chapecoense – 35
1º – Cuiabá – 33
3º – América-MG – 32
4º – Ponte Preta – 27
5º – Juventude 25
6º – Confiança – 25
7º – Paraná – 25
8º – CSA – 23
9º – Avaí – 23
10º – CRB – 23
11º – Operário – 22
12º – Sampaio Correia – 21
13º – Vitória – 19
14º – Brasil de Pelotas – 19
15º – Náutico – 18
16º – Figueirense – 18
17º – Guarani – 17
18º – Cruzeiro – 16
19º – Botafogo-SP – 14 pontos
20º – Oeste – 7
 

 

 




fonte: Marco Stamm/SN



rotary anuncie JBA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
sicredi
rotary alimento
SEcretaria Saúde
High Society
Parabenizamos a linda Valentina Figueiredo que foi aprovada no vestibular de medicina da Unic. Merecidamente você conseguiu! E hoje os aplausos são todos para você! Parabéns! A força de vontade e a persistência trouxeram você a esse momento tão especial. Temos a convicção que essa conquista é o início de muitas outras...Que essa nova fase seja repleta de aprendizado e vitórias.  Um brinde ao casal Amarildo Merotti e Adriana Maciel Mendes, que celebraram mais um ano de casados, mais um ano de vida ungida pelas mãos de Deus. Desejamos que a felicidade continue fazendo parte do seu enlace matrimonial e que mais anos abençoados se possam acrescentar a todos aqueles que já contaram juntos. Um abraço forte a esse casal que tem fé no amor. Lançado o livro “Cáceres, Passado e presente de uma geografia poética” que proporciona ao leitor a arte em forma de poesia escrito pela ilustre cacerense Olga Castrillon Mendes, revelando a beleza histórica, cultural e religiosa da cidade com imagens capturadas pelas lentes do fotógrafo Rai Reis.  O livro valoriza e difundi a Princesinha, reconhecendo a importância e relevância do conjunto arquitetônico existente, como também o conjunto paisagístico da baía do Malheiros, rio Paraguai e Pantanal. Aplausos pelo belíssimo trabalho que teve apoio da ALMT, da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer e Prefeitura Municipal de Cáceres. Fica a dica de leitura.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados