Diretora administrativa: Rosane Michels
Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2021
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Técnico do Cuiabá espera compensar falta de ritmo com amistosos em Goiás
Data:28/07/2020 - Hora:07h26
Técnico do Cuiabá espera compensar   falta de ritmo com amistosos em Goiás
Treinador Marcelo Chamusca (Foto: Reprodução)

A falta de treinamento em grupo e a indefinição de um estádio para estrear dia 8 de agosto contra o Brasil de Pelotas na abertura do Campeonato Brasileiro da Série B não devem afetar o desempenho do Cuiabá dentro de campo. A avaliação é do treinador Marcelo Chamusca, que além de reforçar o elenco com jogadores experientes e de sua confiança, trabalha o psicológico do elenco para um ano atípico, também, no futebol. 

Chamusca lembrou que todos os clubes passam por dificuldades, iguais ou diferentes, em seus estados. Em Mato Grosso ele cita a paralisação do campeonato estadual como um dificultador para manter o ritmo de jogo, mas disse que espera compensar com os amistosos em Goiás. 

Claro que algumas equipes que nós vamos enfrentar nas seis primeiras rodadas vão retomar seus estaduais. A gente aqui não vai retomar, vamos ter que fazer alguns jogos-treinos fora daqui de Cuiabá, porque aqui a situação ainda está muito difícil. A gente vai para Goiânia jogar contra o Goiás e Atlético. A ideia é a gente tentar ritmar os nossos jogadores para que a gente possa minimizar esses danos que seriam a falta dos jogos oficiais antes do início da competição”, explicou. 

O que falta em entrosamento e ritmo de jogo, Chamusca espera compensar com trabalho psicológico para reforçar o emocional dos atletas e da comissão técnica. Pela frente, o grupo terá que superar indefinições de escalação com jogadores suspeitos de contaminação pelo novo Coronavírus, jogar em estádios vazios e também a indefinição de locais para jogos, como a Arena Pantanal que está ocupada com o Centro de Triagem Covid-19. 

A alternativa encontrada antes mesmo do retorno das competições e dos treinos presenciais foi a formação de um elenco forte, com característica vencedora e conhecido pelo treinador, seja em trabalhos anteriores ou em enfrentamentos. 

A ideia é construir um elenco que proporcione uma mescla de jogadores experientes, com histórico de acessos por outros clubes, e alguns jogadores que já, no caso do Felipe, do Jenison, do próprio Ednei, conhecem o clube. É importante também trazer jogadores com perfil que já conhecem a nossa metodologia de trabalho, pois isso ajuda bastante, principalmente neste momento em que a gente está num período de dificuldade em relação a treinamento”, completou Chamusca. 

Além da Série B, o Cuiabá tem pela frente a Copa do Brasil, Copa Verde e a continuação do Campeonato Mato-grossense. Por enquanto, os jogadores treinam nas respectivas casas com acompanhamento da comissão técnica e aguardam para hoje a liberação do CT do Dourado, o que deve acontecer se a quarentena obrigatória imposta pela justiça foi revertida na Capital. 

 

 




fonte: Marco Stamm/SN



rotary anuncie aqui anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
SEcretaria Saúde
sicredi
rotary
High Society
Parabenizamos a linda Valentina Figueiredo que foi aprovada no vestibular de medicina da Unic. Merecidamente você conseguiu! E hoje os aplausos são todos para você! Parabéns! A força de vontade e a persistência trouxeram você a esse momento tão especial. Temos a convicção que essa conquista é o início de muitas outras...Que essa nova fase seja repleta de aprendizado e vitórias.  Um brinde ao casal Amarildo Merotti e Adriana Maciel Mendes, que celebraram mais um ano de casados, mais um ano de vida ungida pelas mãos de Deus. Desejamos que a felicidade continue fazendo parte do seu enlace matrimonial e que mais anos abençoados se possam acrescentar a todos aqueles que já contaram juntos. Um abraço forte a esse casal que tem fé no amor. Lançado o livro “Cáceres, Passado e presente de uma geografia poética” que proporciona ao leitor a arte em forma de poesia escrito pela ilustre cacerense Olga Castrillon Mendes, revelando a beleza histórica, cultural e religiosa da cidade com imagens capturadas pelas lentes do fotógrafo Rai Reis.  O livro valoriza e difundi a Princesinha, reconhecendo a importância e relevância do conjunto arquitetônico existente, como também o conjunto paisagístico da baía do Malheiros, rio Paraguai e Pantanal. Aplausos pelo belíssimo trabalho que teve apoio da ALMT, da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer e Prefeitura Municipal de Cáceres. Fica a dica de leitura.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados