Diretora administrativa: Rosane Michels
Terça-feira, 26 de Setembro de 2017
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Previsão de 18 meses para a ZPE de Cáceres
Data:23/08/2012 - Hora:13h36
Previsão de 18 meses  para a ZPE de Cáceres
“Foi um percurso muito longo,um sonho antigo. Quem teimou em sonhar, está aqui. Perdemos pelo caminho companheiros valorosos, como o ex-prefeito de Cáceres, Dr. Antonio Fontes, e a também ex-prefeita Ana Maria da Costa e Faria, a Nana. Mas hoje posso dizer que finalmente não tenho nenhuma dúvida de que teremos a Zona de Processamento de Exportação, a ZPE de Cáceres –e de Mato Grosso”. As palavras são do presidente da Associação Brasileira de Zonas de Processamento de Exportação (ABRAZPE), Helson Braga, que esteve em Cáceres na terça-feira, para, juntamente com o presidente da AZPEC –Administradora da ZPE de Cáceres, e membros da diretoria. Foi protocolado na Receita Federal o pedido de alfandegamento da ZPE, para análise e aprovação, estando então pronta para ser implantada. Pedro Lacerda informou que agora levará para Brasília o documento que deverá ser entregue ao Conselho Nacional de ZPE’s, comprovando os 10% de investimentos na área, uma exigência cumprida, que fará mudar da fase de ZPE aprovada para ZPE em fase de implantação”. Segundo Lacerda, um dado importante é que a empresa AZPEC já possui todas as certidões necessárias para o seu funcionamento. Ilson Sanches, consultor especial da Casa Civil do Governo do Estado, que integra a diretoria da AZPEC, afirmou que agora, a tarefa é buscar empresárias. “É uma tarefa comum, a todos que se interessam pelo desenvolvimento local e regional. Temos 17 cartas de intenção quando o mínimo necessário são nove. Todos os segmentos nos interessam, pois o importante é ocupar a área da ZPE com indústrias e prestadores de serviços que gerem emprego e renda e mudem a realidade econômica local”, pontuou. Foram 21 anos de espera desde a idéia inicial. O projeto ficou engavetado por 15 anos e retomado pelo governo Lula. Hoje são 24 ZPE´s em fases distintas em todo o país. A de Cáceres, segundo o engenheiro Carlos Henrique Policeni, que assessora a Azpec, deverá estar funcionando em 18 meses. “Com o ‘ok’ da Receita Federal, saímos do projeto de concepção e passamos aos projetos executivos, para as obras de construção da infra-estrutura, que podem ser feitas concomitantemente com as empresas interessadas, que já devem começar a fazer seus projetos de implantação, pois cada um deles será analisado pela Abrazpe, assim, começando agora, acelera o processo”, destacou. Pedro Lacerda afirmou que todos os ventos foram favoráveis. “Hoje temos o governo federal e o estadual comprometidos com o projeto. Todas as etapas burocráticas devidamente cumpridas”. Helson Braga falou ao final que a população não tem idéia do impacto positivo que a ZPE irá causar. “O modelo existe com bons resultados no mundo todo. Serão milhares de empregos diretos e indiretos. A sensação que tenho hoje é que não estamos mais quebrando lanças. Nós conseguimos. Antes, éramos minoria e considerada ‘maluca’. Hoje somos maioria e a ZPE é pauta no Congresso Nacional, que inclusive está reformulando a lei das ZPE´s, fazendo adequações. Ainda temos alguns pessimistas que afirmam que as empresas não vão pagar impostos. Mas temos que pensar maior. Elas vão gerar emprego. O trabalhador vai pagar impostos no comércio local. O importante é a geração de emprego e renda numa região de economia estagnada. É este o papel de uma Zona de Processamento de Exportação”, enfatizou. O presidente em exercício do Sindicato Rural de Cáceres, Jeremias Pereira Leite, falou no final da reunião, que aconteceu no auditório do sindicato com a finalidade de mostrar aos acionistas a fase atual do projeto. Segundo ele, “os pessimistas vão continuar incrédulos, mas nós sabemos que saímos do campo das idéias para a prática”. No mesmo dia, o governo do Estado fez a entrega das chaves aos moradores das 30 casas construídas em terreno doado pelo município. Eles ocuparam por mais de dez anos a área da ZPE no Distrito Industrial e saíram através de uma desocupação pacífica. Eram chacareiros e além da casa, cada família irá receber do governo estadual cinco hectares de terra. (Clarice Navarro Diório).


fonte: Assessoria



anuncie aqui JBA AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
zoom
High Society
social dia 23 e 24 setembro RM Rosane Michelis     Responder| Ontem, 15:00 Corel Particular (corelparticular@hotmail.com)      4 anexos (371 KB)  Baixar tudo  Salvar tudo no OneDrive - Pessoal A família é o amor que plantamos em solo fértil, com raiz forte e que cultivamos e cuidamos constantemente, para que brotem belas flores e bons frutos. Hoje enviamos o abraço especial a família do nosso leitor assíduo Dr. Rodrigo Perez. Que Deus conserve sempre a união, harmonia e o amor. Com muita festa e alegria os futuros papais Wellyngton Maciel e Darlene Oliveira, receberam os amigos e familiares pela ocasião do Chá de Bebê do Samuel. Tudo lindo e perfeito, agora é só aguardar o grande dia do seu nascimento. Felicidades aos papais. Votos de felicidades e muitos anos de vida ao jovem Pedro Henrique, que trocou de idade e recebeu o carinho especial dos familiares e amigos. Sucessos mil!!!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados