Diretora administrativa: Rosane Michels
Segunda-feira, 03 de Agosto de 2020
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Retomada do Mato-grossense não é consenso entre dirigentes dos clubes
Data:21/04/2020 - Hora:11h38
Retomada do Mato-grossense não é  consenso entre dirigentes dos clubes
Volta do Matogrossense não é consenso entre dirigentes (Foto: Arquivo)

A defesa irredutível do presidente da Federação Mato-grossense de Futebol (FMF), Aron Dresch, para a retomada do Campeonato Mato-grossense da Primeira Divisão não encontra eco entre a maioria dos dirigentes dos dez clubes – Cuiabá, Mixto, Operário Várzea-grandense, Dom Bosco, União de Rondonópolis, Sinop, Poconé, Luverdense, Araguaia e Nova Mutum. Não há consenso para que o torneio regional volte a ser disputado caso a pandemia do Coronavírus seja aniquilada no Brasil.

O maior problema alegado pelos dirigentes é uma dura realidade, a questão financeira, que acaba pesando numa eventual retomada do Estadual. Primeiro, são os contratos profissionais dos jogadores que já expiraram e outros que estão por vencer a partir desta semana.

Ainda não está definido, apesar da crise na área de saúde ser uma situação excepcional, podendo abrir uma exceção, a prorrogação de contratos dos profissionais para um curto prazo. A legislação trabalhista prevê contrato a partir dos três meses. Segundo, todos os contratos de patrocínios dos clubes estão suspensos por causa da paralisação em função do coronavírus. Diante da escassez de recursos, tem dirigente que não acredita mais numa retomada do campeonato.

A alegação é que as equipes já vivem situação de penúria. A exceção seria o Cuiabá, único que dispõe de ótimas condições financeiras por ter um montante de R$ 6 milhões por ser integrante da Série B do Campeonato Brasileiro. Há quem defende que a atual temporada em Mato Grosso seja retomada a partir do segundo semestre com a realização da Copa FMF, torneio seletivo que dá uma vaga para a Copa do Brasil do próximo ano.

No entendimento de alguns dirigentes, a federação deveria apostar tudo na Copinha, com os indicados para as competições nacionais do próximo ano saindo desta disputa, criada para a valorização de jogadores das divisões de base dos clubes.

Por sua vez, Aron Dresch se mostra contrário. Segundo ele, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não aceitaria todos os representantes de Mato Grosso sair de um torneio considerado como de ‘base’. Na primeira fase do Estadual, o Cuiabá foi dono da melhor campanha ao somar 21 pontos dos 27 disputados em nove rodadas disputadas.

O Operário foi o vice-líder com 18 pontos. O União foi o terceiro com 17. Sinop quarto com 16. Em quinto, aparece Nova Mutum com 13. Em sexto, Poconé com 11. Dom Bosco sétimo com 11 e Luverdense em oitava com oito.

 

 




fonte: Só Notícias



anuncie anuncie aqui AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
sicredi
Multivida
High Society
Celebraram 55 anos de união pautada no amor, companheirismo e respeito o casal Antônio Mendes e Creuza, a quem enviamos nosso Destaque Especial do dia com votos de felicidades, rogando ao Criador que a chama desse amor continue brilhando e que a alegria se renove a cada dia fortalecendo essa linda união. Nosso brinde a vocês! Tim Tim!!! Uma semana regada de coisas boas a Luciane Castrillon por mais um ano de vida, ela que festejou no aconchego do lar, recebendo o carinho especial da família e rol de amigos.  Que essa data possa ser celebrada sempre com saúde, amor e realizações. Felicidades mil!  Felicitações a linda Vivian Rondon pela passagem do seu natalício. Que esse novo ano seja repleto de alegrias, saúde e prosperidades ao lado de sua família. Parabéns!!!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados