Diretora administrativa: Rosane Michels
Terça-feira, 04 de Agosto de 2020
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Papa incentiva sacerdotes a levar com coragem a Palavra de Deus e a Eucaristia
Data:13/03/2020 - Hora:06h22
Papa incentiva sacerdotes a levar com coragem a Palavra de Deus e a Eucaristia
Reprodução Web

O Papa Francisco rezou por aqueles que sofrem a epidemia do coronavírus e pelos sacerdotes para que tenham a coragem de levar a Palavra de Deus e a Eucaristia.

“Continuamos rezando juntos pelos doentes, pelos profissionais de saúde, por tantas pessoas que sofrem essa epidemia. Rezemos ao Senhor também pelos nossos sacerdotes para que tenham a coragem de sair e ir ao encontro dos doentes, levando a força da Palavra de Deus e a Eucaristia, e de acompanhar os profissionais de saúde, os voluntários, nesse trabalho que estão fazendo”, pediu o Papa.

Assim indicou na Missa privada transmitida ao vivo nesta terça-feira, por vontade do próprio Papa Francisco, “para permitir a quem desejar de acompanhar as celebrações em união de oração com o Bispo de Roma”, após as medidas tomadas pelas autoridades italianas para impedir a propagação do coronavírus COVID-19.

As medidas aplicadas implicam a suspensão de todas as Missas públicas na Itália, incluindo a Diocese de Roma e o Vaticano, até o próximo dia 3 de abril, além da suspensão de escolas, competições esportivas, fechamento de cinemas, museus, incluindo os Museus Vaticanos.

Em sua homilia pronunciada na Missa desta terça-feira, o Santo Padre disse que "ontem a Palavra de Deus nos ensinava a reconhecer os nossos pecados e a confessá-los, mas não somente com a mente, também com o coração, com um espírito de vergonha", e reforçou "a vergonha como uma postura mais nobre diante de Deus pelos nossos pecados".

“E, hoje, o Senhor chama todos, pecadores, a dialogar com Ele, porque o pecado nos fecha em nós mesmos, nos faz nos escondermos ou esconde a nossa verdade, dentro. É isso que aconteceu com Adão, com Eva: depois do pecado, se esconderam porque tinham vergonha; estavam nus. E o pecador, quando sente a vergonha, depois tem a tentação de se esconder. E o Senhor chama: ‘Vamos, venham, vamos discutir’, diz o Senhor, ‘vamos falar do teu pecado, da tua situação. Não tenham medo”, explicou o Papa.

Ao comentar a Primeira leitura do livro do Profeta Isaías (Isaías 1,10.16-20), o Papa lembrou que o Senhor diz que, “mesmo se os pecados de vocês fossem como a cor de escarlate, vão se tornar brancos como a neve. Se fossem vermelhos como a púrpura, vão se tornar como lã”, e acrescentou: “Venham, porque eu sou capaz de mudar tudo, diz o Senhor, não tenham medo de vir falar, sejam corajosos mesmo com as misérias de vocês”.

Nesse sentido, o Santo Padre contou uma história de um santo penitente que "rezava muito. E procurava sempre dar ao Senhor tudo aquilo que o Senhor lhe pedia", mas um dia "ele estava um pouco irritado com o Senhor" e disse: "Mas, Senhor, eu não te entendo. Eu te dou tudo, tudo, e tu sempre está tão insatisfeito, como se faltasse alguma coisa. O que falta?”. E o Senhor lhe respondeu: “Me dê os teus pecados: é isso que falta".

Por isso, o Pontífice incentivou a "ter a coragem de ir falar com o Senhor com as nossas misérias". "Esse é o convite do Senhor", disse o Papa "mas sempre há um engano: ao invés de ir falar com o Senhor, fingir de não ser pecadores".

Da mesma forma, ao refletir sobre o Evangelho da Liturgia do dia (Mateus 23,1-12), o Papa enfatizou que o Senhor censura os doutores da lei que fazem as obras "para serem admiradas pelas pessoas... estão satisfeitos pelos lugares de honra nos banquetes, dos primeiros lugares nas sinagogas, das saudações nas praças, como também de serem chamados Rabbi das pessoas”.

“A aparência, a vaidade. Encobertar a verdade do nosso coração com a vaidade. A vaidade nunca cura! A vaidade nunca cura. Além disso, é venenosa, continua trazendo a doença do coração, trazendo aquela dureza de coração que te diz: ‘Não, não vá ao Senhor, não vá. Você fica’”, alertou o Papa.

Nesse sentido, o Pontífice observou que “a vaidade é apenas o lugar para se fechar ao chamado do Senhor. Em vez disso, o convite do Senhor é aquele de um pai, de um irmão: Venham! Vamos conversar, falar. Ao final, Eu sou capaz de mudar a tua vida do vermelho ao branco”.

Finalmente, o Santo Padre concluiu sua homilia rezando para que “essa Palavra do Senhor nos encoraje; que a nossa oração seja uma oração real. Da nossa realidade, dos nossos pecados, das nossas misérias. Fale com o Senhor. Ele sabe, Ele sabe o que somos. Sabemos disso, mas a vaidade nos convida sempre a encobertar. Que o Senhor nos ajude”. ___***ACIDigital




fonte: ACIDigital



JBA AREEIRA anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
sicredi
zoom
SEcretaria Saúde
High Society
Celebraram 55 anos de união pautada no amor, companheirismo e respeito o casal Antônio Mendes e Creuza, a quem enviamos nosso Destaque Especial do dia com votos de felicidades, rogando ao Criador que a chama desse amor continue brilhando e que a alegria se renove a cada dia fortalecendo essa linda união. Nosso brinde a vocês! Tim Tim!!! Uma semana regada de coisas boas a Luciane Castrillon por mais um ano de vida, ela que festejou no aconchego do lar, recebendo o carinho especial da família e rol de amigos.  Que essa data possa ser celebrada sempre com saúde, amor e realizações. Felicidades mil!  Felicitações a linda Vivian Rondon pela passagem do seu natalício. Que esse novo ano seja repleto de alegrias, saúde e prosperidades ao lado de sua família. Parabéns!!!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados