Diretora administrativa: Rosane Michels
Terça-feira, 07 de Abril de 2020
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
FAPAM
Café da Manhã
Data:20/11/2019 - Hora:07h18

Desigualdade

As mulheres pretas ou pardas continuam na base da desigualdade de renda no Brasil. No ano passado, elas receberam, em média, menos da metade dos salários dos homens brancos (44,4%), que ocupam o topo da escala de remuneração no país. Atrás deles, estão as mulheres brancas, que possuem rendimentos superiores não apenas aos das mulheres pretas ou pardas, como também aos dos homens pretos ou pardos.

 

Desigualdade II

Os dados fazem parte da pesquisa Desigualdades Sociais por Cor ou Raça publicada pelo IBGE nesta quarta-feira.O estudo aponta ainda como a desigualdade está presente na distribuição de cargos gerenciais: somente 29,9% deles são exercidos por pessoas pretas e pardas. Independentemente do nível de escolaridade, pretos e pardos continuam recebendo bem menos que os brancos no Brasil, aponta a pesquisa.

 

Sub.Emprego

Entre julho e setembro deste ano, a taxa de informalidade da população ocupada bateu recorde da série iniciada em 2012, chegando a 41,4% dos trabalhadores. Ou seja, a cada 10 trabalhadores, seis têm ocupação precarizada. Entre o segundo trimestre de 2015 e o segundo trimestre de 2019, o número desses ambulantes cresceu 510% subindo de 78,4 mil para 478,3 mil pessoas.

 

Sub.Emprego II

Trocando em miúdos, o país tem hoje 38,8 milhões de trabalhadores na informalidade, um número recorde. As vagas geradas entre 2018 e 2019, quase todas informais, pagam menos e são menos produtivas, com características de “bicos temporários”, como empregadas domésticas, vendedores a domicílio, entregadores de aplicativos e vendedores ambulantes, segundo mostra um estudo inédito do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas.

 

Golpes/Celular

Criminosos voltaram a utilizar as mensagens de WhatsApp como ferramenta de golpe, que iniciou em 2016 e depois de muito alerta feito por meio da Delegacia de Estelionato de Cuiabá, os malditos haviam sumido das costumeiras armadilhas para tomar dinheiro por meio da boa fé. Golpes de falsos sequestros, carro quebrado, dinheiro emprestado com linha clonada, etc, acontecem e podem ser descobertos, se a policia rastrear as ligações, basta querer. À virtual vitima,  uma dica é ignorar simplesmente as ligações.

 

Sarampo

A segunda etapa da vacinação contra o sarampo começou na segunda-feira (18) e imunizará, até 30 de novembro, adultos de 20 a 29 anos que não estão com a caderneta de vacinação em dia. Para garantir mais efetividade à campanha, além da dose de rotina, Mato Grosso recebeu 35 mil doses extras como forma de facilitar o acesso da população à imunização. A vacina tríplice viral é a forma mais segura de prevenir o sarampo, protegendo também contra a rubéola e a caxumba.




fonte: Da Redação



anuncie JBA anuncie aqui
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
Enviamos rosas perfumadas para uma pessoa muito querida, amiga sincera e leitora crítica do nosso matutino há muitos anos. Estamos falando da elegante dama da society cacerense Marília Campos Fontes a quem desejamos um dia iluminado. Um excelente fim de semana ao casal Silvio Luiz Silva e Andréa Pianta, que desfilam simpatia, charme e beleza por onde frequentam. Casal lindo que merece nosso carinho especial de hoje. Em tempo felicitamos Rubia Ranzani Tesch, que festejou mais um ano de vida e recebeu os abraços calorosos dos amigos e familiares. Que essa data seja o início de um ano de vitórias em sua vida, que a prosperidade venha ao seu encontro, e que você nunca esqueça a pessoa especial que é. Feliz aniversário!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados