Diretora administrativa: Rosane Michels
Quarta-feira, 27 de Maio de 2020
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
FAPAM
Homilia do Papa: Audácia Evangélica
Data:09/11/2019 - Hora:09h36

O Papa Francisco afirmou esta semana, que a salvação consiste em uma escolha pessoal entre "ir ao encontro do Senhor ou fechar-me em minhas coisas" e lembrou que Deus "não nos faz pagar o ingresso" para ir a Ele. O Santo Padre, comentou a leitura do Evangelho de São Lucas, na qual se narra a história de um homem que organiza uma grande festa à qual os convidados se recusam a ir com diferentes desculpas. Diante da recusa de seus convidados, o homem decide convidar os pobres e os aleijados das estradas e sentá-los em sua casa para jantar, oferecendo-lhes a festa que havia reservado para seus amigos.

O Papa explicou que "o jantar, a festa, é imagem do céu, da eternidade com o Senhor". A ação do homem que organizou a festa descreve a atitude de Deus em relação à humanidade: "Nosso Deus nos convida sempre, não nos faz pagar o ingresso. Nas verdadeiras festas, não se paga a entrada: paga o dono, quem convida", afirmou. No entanto, os amigos do homem que preparou a festa não reagiram da mesma maneira, mas responderam fechando-se sobre seus interesses.

O Pontífice explicou assinalando que, “diante daquela gratuidade, daquela universalidade da festa, há aquela atitude que fecha o coração: ‘Eu não vou. Prefiro ficar sozinho, com as pessoas de quem eu gosto, fechado. Isto é o pecado", alertou o Papa Francisco. “É o pecado do povo de Israel, o pecado de todos nós. O fechamento. ‘Não, para mim é mais importante isto do que aquilo. Não, o meu’. Sempre o meu”. A recusa em participar da festa também é um desprezo ao Senhor, alertou o Papa. Ou seja: ‘Não me perturbe com a tua festa’. Significa fechar-se "àquilo que o Senhor nos oferece: a alegria do encontro com Ele. E no caminho da vida, muitas vezes estaremos diante desta escolha, desta opção: ou a gratuidade do Senhor, estar com Ele, se encontrar com o Senhor, ou fechar-me nas minhas coisas, no meu interesse". Por esse motivo, “o Senhor, falando de um dos fechamentos, dizia que é muito difícil que um rico entre no reino dos céus. Mas existem ricos bons, santos, que não são apegados à riqueza. Mas a maioria é apegada à riqueza, fechados. E por isso não podem entender o que é a festa”.

O Papa finalizou a homilia convidando a pensar nessa parábola e perguntar: “Como vai a nossa vida? O que eu prefiro? Aceitar sempre o convite do Senhor ou fechar-me em minhas próprias coisas, em minhas pequenezas?” ***___vaticannews.va › papa-francisco

 




fonte: vaticannews.va › papa-francisco



anuncie aqui JBA anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
rotary
Multivida
rotary alimento
High Society
Flores multicoloridas a delegada Judá Maali Pinheiro Marcondes que festejou data nova e recebeu o carinho mais que especial da família e rol de amigos. Que esse novo ano seja repleto de coisas boas e que Deus derrame infinitas bençãos, dando saúde e sabedoria para continuar realizando esse brilhante trabalho à frente da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso Dedico este espaço hoje a Maria Madalena Souza Pinto, uma pessoa muito especial, que carrega consigo o dom de ensinar. Ela ontem apagou mais uma velinha e recebeu os calorosos abraços dos filhos, netos e amigos.  Um beijo enorme com votos de saúde, prosperidades e muitos anos de vida. Tim Tim a sua felicidade!!! Hoje é dia de festa para Arci Rezende que está marcando mais um golaço no placar da vida. Na oportunidade recebe os parabéns dos familiares, rol de amigos e dos companheiros do Rotary. Muita luz, amor, paz e realizações é o que lhes desejamos para o novo ano que inicia. Salute!!!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados