Diretora administrativa: Rosane Michels
Terça-feira, 04 de Agosto de 2020
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
FAPAM
Informais e Previdência
Data:01/10/2019 - Hora:08h13
Informais e Previdência
Reprodução Web

Os poderosos da Casa Grande comemoram a redução do desemprego no reino tuipiniquim, que em um ano foram gerados pouco mais de 1,4 milhão de postos de trabalho, mas, não esclarecem que  com a retirada de grande parte dos direitos dos trabalhadores  após a reforma trabalhista, muitas pessoas buscam garantir a renda das suas famílias por conta própria. Analisando os critérios do IBGE e do Caged, vimos que os números do primeiro diferem dos adotados pelo segundo. Para o IBGE, o grupo de informais inclui os trabalhadores sem carteira assinada (inclusive trabalhadores domésticos), os autônomos sem CNPJ e os chamados sem remuneração, que auxiliam em trabalhos para a família. Um dos fatores que pode também acentuar a diferença de contratações com carteira assinada e o trabalho informal é a terceirização irrestrita, que desobriga instituições públicas a fazer concursos para seleção de novos funcionários e acarreta em redução salarial, rotatividade e mais acidentes de trabalho, como aponta um estudo do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). Veja o leitor que assim como os arautos do governo apregoam uma queda de 13 milhões para 11 milhões e 800 mil de de trabalhadores sem carteira nos últimos 12 meses, outros 24 milhões e 300 mil estão atuando de forma autônoma e nais de 60% deles sem CNPJ. O próprio IBGE, reconhece que o aumento da população ocupada tem sido puxado sobretudo pelo avanço da informalidade, que atingiu nível recorde, atingindo 41,4% da população ocupada. Outro dado que deve merecer atenção do governo, é a questão previdenciária, haja vista que segundo o IBGE, apenas 62%  dos ocupados informais contribuem para a Previdência Social, percentual que está em queda desde 2017, quando era de 65% e sem as contribuições, o prejuizo pode ficar para o INSS, embora o aludido déficit é balela, fale, falácia, conversa fiada, argumento para a tal reforma cujas vitimas serão apenas os empregados formais e pequenos e medios empregadores. Trocando em miudos, o Brasil não precisa de uma reforma que tira direitos e este ítem já está comprovado, só não vê quem não quer,i que se precisa é de emprego, gente trabalhando, recolhendo ao INSS, sendo ressarcido após 35 anos de recolha com parte daquilo que lhe foi imposto, a titulo de aposentadoria. Essa história de que o sistema público de aposentadorias estaria prestes a falir e ou falido, é contada há mais de 30 anos, a CPI do Senado, mostrou que a Previdência não está quebrada, que há superávit e se há alguma quebradeira no erário, é por conta dos devedores, sonegadores e renúncias fiscais, beneficiando os milionários empresários, em detrimento do pequeno e médio empreendedor. Só prá encerrar este papo que é longo, porém necessário vez por outra dissertar, uma das possíveis solução para o fantasma do desemprego que assombra brasileiros e brasileiras, se resume num pacote de medidas como o fortalecimento da educação, o investimento em políticas públicas para combater o aumento do nível de pobreza e diversas outras iniciativas do Estado para retirar o brasil da crise política, econômica e social, o oposto, é bater cabeça, e tentar culpar o óbvio, com remendos no ultraje aos mais frágeis.




fonte: Da Redação



anuncie JBA anuncie aqui
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
rotary
zoom
Multivida
High Society
Celebraram 55 anos de união pautada no amor, companheirismo e respeito o casal Antônio Mendes e Creuza, a quem enviamos nosso Destaque Especial do dia com votos de felicidades, rogando ao Criador que a chama desse amor continue brilhando e que a alegria se renove a cada dia fortalecendo essa linda união. Nosso brinde a vocês! Tim Tim!!! Uma semana regada de coisas boas a Luciane Castrillon por mais um ano de vida, ela que festejou no aconchego do lar, recebendo o carinho especial da família e rol de amigos.  Que essa data possa ser celebrada sempre com saúde, amor e realizações. Felicidades mil!  Felicitações a linda Vivian Rondon pela passagem do seu natalício. Que esse novo ano seja repleto de alegrias, saúde e prosperidades ao lado de sua família. Parabéns!!!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados