Diretora administrativa: Rosane Michels
Sábado, 19 de Outubro de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Saber Ouvir
Data:18/09/2019 - Hora:06h51

Há por aí uma grande profusão de cursos de oratória. Alguns de reconhecidos profissionais que cobram bem caro; outros de notórios picaretas que não passam de caça-niqueis. Há cursos de oratória para políticos, empresários, pastores, vendedores, professores, entre outros. Tais cursos prometem fazer o aluno se expressar melhor em público, cativar audiências, persuadir plateias, conquistar clientes e alcançar sucesso. Há até micro-especializações, como treinamentos para falar perante júris ou para jornalistas, em mensagens para redes sociais ou em provas orais de concursos públicos. Todos só querem saber de falar melhor, com voz empostada e tom afinado. Falar mais tempo e mais alto. De preferência, falar sozinho ou, pelo menos, falar por último. O que me surpreende é que quase não se ofereçam cursos de escutatória. Aliás, essa palavra, que significa a arte de ouvir, sequer existia, até que foi inventada por Rubem Alves, numa de suas belíssimas crônicas. Sim, porque saber ouvir é tão importante – ou às vezes mais – quanto saber falar.

No entanto, quase todos só se interessam por falar e muito poucos por ouvir. Quem não sabe ouvir não tem condições de liderar. Líderes sábios ouvem seus conselheiros antes de decidir. Líderes populares autênticos procuram ouvir o povo a que desejam servir. Líderes efetivos ouvem diversas alternativas na busca da melhor opção. Líderes espirituais ouvem a voz da consciência. Líderes medíocres não gostam de ouvir aqueles que são mais qualificados. Líderes vaidosos não aceitam ouvir críticas. Líderes autoritários não admitem ouvir opiniões divergentes. Líderes autossuficientes somente conseguem ouvir a própria voz. Líderes desequilibrados são incapazes de ouvir a voz da razão. Além dos líderes, as instituições, especialmente as públicas, também deveriam aprender a ouvir. Ouvir seus clientes, seus colaboradores e principalmente a sociedade, pois é no interesse público que reside a razão de sua própria existência. Assim como as pessoas, convencer uma instituição pública a aprender a ouvir é difícil, mas não impossível. Quem aprende a ouvir depois aprende muito mais, simplesmente ouvindo.

Quem aprende a ouvir aprende a saber o que ouvir, a quem ouvir, quando ouvir e como ouvir. Quem aprende a ouvir aprende a distinguir o fato da fofoca, a informação do preconceito, o argumento da falácia e a precisão do exagero. Quem aprende a ouvir ouve até o que não é dito, mas precisa ser compreendido. Quem aprende a ouvir se acostuma a falar menos, mas o que fala costuma ser mais útil.  O exercício de ouvir desenvolve inúmeros aspectos da inteligência humana e amplifica a empatia com o próximo e a possibilidade de resolução de conflitos. Se todos aprendessem a ouvir, viveríamos numa sociedade menos ruidosa e redundante e, certamente, mais venturosa e pacífica. ***___Luiz Henrique Lima é Conselheiro Substituto do TCE-MT.

 



fonte: Luiz Henrique Lima



AREEIRA anuncie anuncie aqui
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
QI
High Society
O nascimento da pequena Maria Fernanda, filha de Camila Cristina e Luan Venâncio, era bastante aguardado pelas famílias Arruda e Amorim. Mas, a espera acabou e a pequena Maria Fernanda veio ao mundo para alegrar a vida dos papais, avós, tios, tias e da maninha. Felicidades aos papais e boas vindas a Maria Fernanda.  Destaque especial ao casal Suzanne e Abel Nunes que inauguram hoje em Cáceres a Exclusiva Cosméticos na Rua General Osório, 470.  O espaço traz novidades para quem aprecia os milagres da estética com tecnologia avançada em fórmulas surpreendentes. A inauguração as 15h será prestigiada por  convidados para uma tarde descontraída em um ambiente muito aconchegante. Vale conferir. Recebeu o carinho dos amigos, familiares e clientes em seu dia a encantadora Thammy Alvares, a quem  parabenizamos, desejando muitos anos de vida, saúde e felicidades sempre. Nosso brinde a você!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados