Diretora administrativa: Rosane Michels
Segunda-feira, 23 de Setembro de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
Reub
Da Acta Diurna aos Correios
Data:10/09/2019 - Hora:09h32

Enquanto muitos discutem sobre a morte próxima do jornal impresso, (que para nós aqui da resistência deve demorar ainda algumas décadas) é interessante conhecer um pouco sobre a história deste veículo que, por muito tempo, foi a principal fonte de informação da nossa sociedade. Você sabia que o primeiro jornal impresso aqui no Brasil data de 10 de setembro de 1808? Sim, já se completaram mais de 200 anos que a Gazeta do Rio de Janeiro teve seu primeiro exemplar reproduzido no papel. O lançamento da Gazeta marcou o início da imprensa em nosso país, isso porque antes da chegada da família real ao Brasil, toda a atividade da imprensa era proibida. Mesmo sendo um órgão oficial do governo português, em seu início o periódico era editado sob a censura prévia. As notícias veiculadas pela Gazeta eram de interesse direto da corte, que pretendia moldar a opinião pública a favor da realeza. Por este motivo eram divulgados basicamente comunicados oficiais e publicações sobre decisões reais. Embora, a Gazeta publicasse também notícias sobre a política internacional, era considerada um veículo parcial, devido ao seu aspecto extremamente oficial.

Publicado duas vezes por semana, o impresso era dirigido pelo Frei Tibúrcio José da Rocha. Em 29 de dezembro de 1821, passou a ser chamado simplesmente de Gazeta do Rio. E depois da independência deixou de circular, sendo substituída pelo Diário Fluminense e posteriormente pelo Diário do Governo. É bom lembrar que antes da circulação da Gazeta do Rio de Janeiro, o brasileiro Hipólito José da Costa, exilado em Londres, lançou o Jornal Correio Braziliense, em 1º de julho de 1808. Era o primeiro jornal brasileiro produzido fora do país. Editado mensalmente, o jornal era impresso em Londres e trazido clandestinamente para o Brasil através de viagens de navio – uma operação que demorava quase um mês. O Correio era um jornal voltado para atacar os defeitos da administração do Brasil e a gente complementa, o Correio Cacerense que veio mais de um século após, também ataca os defeitos, não apenas das administrações, mas sempre apontando uma sugestão corretiva, dentro da ética. Voltando no tempo, só pra concluir, o primeiro jornal que se tem notícia surgiu em Roma em 59 A.C e se chamava Acta Diurna, do desejo de Júlio César de informar o público sobre os acontecimentos sociais e políticos e divulgar eventos programados para cidades próximas. O jornal era escrito em grandes placas brancas e expostas em locais públicos onde transitavam muitas pessoas. As Acta informavam os cidadãos sobre escândalos no governo, campanhas militares, julgamentos e execuções. ***___Emílio Portugal Coutinho, é jornalista – pesquisador.




fonte: Emílio Portugal Coutinho



JBA anuncie AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
Elegante e lindíssima Gessica Simoncele oficializou união com Igor de Souza em cerimônia preparada com muito carinho para o grande dia. Na presença de familiares, amigos e padrinhos selaram o amor. Felicidades ao casal.  Aniversariante do dia Marisa Klein Dias que recebe o carinho especial do esposo Claudio, filhos e rol de amigos. Essa coluna deseja um ano de vitórias e muita saúde. Um brinde a você...Tim tim! Empreendedora de visão, Beatriz Tavares inaugura hoje o novo espaço da Casa Marquesa com inovações agregando valores ao seu negócio. Na oportunidade recebe os clientes e amigos no fim da tarde com um coquetel. Sucessos!!!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados