Diretora administrativa: Rosane Michels
Segunda-feira, 23 de Setembro de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
Reub
Saudades do PPG-7
Data:05/09/2019 - Hora:08h06
Saudades do PPG-7
Reprodução Web

Era o ano de 1992, este editor dividia a labuta entre um diário chumbão e a faculdade de direito (último termo) a Amazônia ardia em chamas, noticia de capa, destacando a ajuda em dinheiro oferecida pelo G7, grupo dos países mais ricos do mundo, para atenuar a crise causada por desmatamento e queimadas fora de controle naquela região. Como hoje, a oposição ao G-7 temia  pela internacionalização  aventada por líderes estrangeiros em fakes de internacionalizar a floresta. Como se fosse hoje, refrescamos a memória sobre a postura do presidente playboy, que inclusive era objeto de nossas criticas, o Fernandinho Collor, que surpreendeu a muitos, ao aceitar a oferta do clube dos ricos, sem impor condições e ou acusar outrem, de querer comprar a região. O assunto relembrado pelo amigo jornalista Claudio Ângelo, coordenador de Comunicação do Observatório do Clima nos veio a baila por dois motivos, primeiro, que a incendiária cena se repete 27 anos após e segundo, que nesta quinta feira, (5) o calendário registra o Dia da Amazônia. Na imprensa, já abordamos em algumas cronicas, o bioma que ao contrário do que muitos pensam, não é somente nosso, é patrimônio mundial, assim, como o Pantanal. Músico, na pele de Lorde Dannyelvis, já externamos também, nosso amor pela Amazônia e Pantanal, sempre em defesa da Santa Mãe Natureza. Mas, voltando ao ano de 1992, ali no contexto da conferência Rio-92, nasceram as convenções de Clima e Biodiversidade da ONU, que daria origem ao Programa Piloto de Proteção às Florestas Tropicais do Brasil, o PPG-7, que começou a operar em 1994. Nos recorda Claudio Ângelo, que este foi até hoje considerado o maior caso de sucesso de cooperação internacional na área ambiental, o PPG-7, que durou 15 anos e investiu 463 milhões de dólares, ajudando a criar 100 milhões de hectares de terras indígenas em unidades de conservação, e desenvolver tecnologias que provaram que manter floresta em pé não é incompatível com melhorar a vida das pessoas que moram nela e como o Governo sabia que não daria conta de executar todos os projetos iniciados com a doação do G7, o programa-piloto produziu mais uma inovação: entregou-se essa tarefa a organizações da sociedade civil. Os néscios que criticam a suposta profusão de ONGs na Amazônia fariam bem em entender que essas organizações foram chamadas pelo Estado para suprir a carência de Estado, em parceria com o Estado. O PPG-7 ajudou a criar uma capacidade de atuação de ONGs na Amazônia que se mostraria importante depois. O principal ganho do PPG-7, porém, foi imaterial: o programa ajudou a silenciar a paranoia soberanista que cercava qualquer ação estrangeira na Amazônia. Mostrou que cooperação em meio ambiente não é um jogo de soma zero e que soldados de olhos azuis não vão desembarcar na região Norte e decretá-la zona internacional. Concluindo, o que muitos políticos precisam entender sem demagogias baratas, é que mundo, o Brasil e a Amazônia mudaram muito desde 1992, atualmente, há tecnologia de dados e compromissos internacionais ratificados pelo Brasil contra a crise climática que demandam proteção da floresta, este oceano aéreo, em iminente assoreamento pelo desenfreado desmatamento.




fonte: Da Redação



JBA anuncie aqui AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
Elegante e lindíssima Gessica Simoncele oficializou união com Igor de Souza em cerimônia preparada com muito carinho para o grande dia. Na presença de familiares, amigos e padrinhos selaram o amor. Felicidades ao casal.  Aniversariante do dia Marisa Klein Dias que recebe o carinho especial do esposo Claudio, filhos e rol de amigos. Essa coluna deseja um ano de vitórias e muita saúde. Um brinde a você...Tim tim! Empreendedora de visão, Beatriz Tavares inaugura hoje o novo espaço da Casa Marquesa com inovações agregando valores ao seu negócio. Na oportunidade recebe os clientes e amigos no fim da tarde com um coquetel. Sucessos!!!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados