Diretora administrativa: Rosane Michels
Sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2020
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
FAPAM
Tribunal do Juri condena réu a 50 anos e 4 meses de cadeia
Data:17/08/2019 - Hora:08h36
Tribunal do Juri condena réu  a 50 anos e 4 meses de cadeia
Arquivo

Levado a julgamento popular na tarde da última terça feira, depois de duas sessões adiadas, o réu Benedito Pereira Marques, vulgo “Dito-Preto”, acusado de participar de uma chacina numa fazenda na divisa de Mato Grosso com a Bolívia, em 2012, foi condenado pelo egrégio tribunal do juri da comarca de Cáceres, a pena de  50 anos, 4 meses e 24 dias de reclusão em regime fechado, no qual já se encontra.

O assassino foi incurso nas penas do artigo 121, §2º, incisos I e IV, por três vezes; artigo 288, parágrafo único, na forma do artigo 69, todos do Código Penal e a pena de 3 meses de detenção pela prática do crime descrito no artigo 161, §1º, inciso II, do Código Penal.

Dito Preto estava sendo processado por grilagem de terras e de participar com outras sete pessoas da chacina na fazenda Nova Bom Jesus, no Distrito de Vila Cardoso, que fica no município de Porto Esperidião, a 120 km da fronteira com a Bolívia, no dia 14 de setembro de 2012.

Cinco funcionários que haviam sido contratados para trabalhar na propriedade rural foram alvos de tiros. Dois conseguiram escapar e o restante não resistiu. Dois dias depois, um integrante do grupo acusado de ter sido o autor dos disparos também foi encontrado morto por policiais na mesma fazenda. Um ano antes, a fazenda tinha sido alvo de um incêndio criminoso que destruiu a sede da propriedade, o alojamento dos funcionários, dois barracões, um galpão e o maquinário.

A denúncia contra o bando em relação à chacina foi aceita em janeiro de 2013, mas naquele mesmo ano a juíza que estava com a ação penal precisou ser transferida e passou a receber escolta de policiais militares, após ter sido ameaçada de morte. O mesmo grupo criminoso teria sido o responsável pelas ameaças de morte ao delegado que investigou a invasão de uma fazenda localizada em Lambari D‘Oeste.

O juri da última terça feira, (13) foi presidido pela Juíza Presidente do Egrégio Tribunal do Júri Popular Helícia Vitti Lourenço, com a acusação a cargo da  representante do Ministério Público Ana Luiza Barbosa da Cunha, atuandona defesda do réu, os advogados José Marcílio Donegá e Michele Alves Donegá.




fonte: Da Redação



anuncie JBA anuncie aqui
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
O aniversário é aquela data que muitos esperam o ano todo por ela, por ser o dia ideal para reunir todas as pessoas que amamos e celebrar por algo tão incrível que é a vida! E quem festejou mais uma primavera, foi a querida Maira Cristina Mauriz Pinheiro, que recebeu o carinho especial do maridão, filho e amigos. Que Deus lhe presenteie com um ano recheado de alegrias e vitórias.    Vivas a aniversariante Maria das Graças da Silva Vidal. Que Deus, em sua infinita bondade, lhe dê tudo de bom que você merece. Que você tenha muita alegria, paz, saúde e felicidade. Que este dia de festa e comemoração seja repleto de diversão e alegria, assim como os dias que virão. Feliz Aniversário! Na foto com o esposo Eliseu. No rol dos aniversariantes registramos Claudionor Duarte recebendo os parabéns e abraços da família e amigos. Todos os grandes desejos começam no coração. E de coração eu te desejo: Feliz Aniversário!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados