Diretora administrativa: Rosane Michels
Quinta-feira, 04 de Junho de 2020
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
FAPAM
A Figurado Pai
Data:09/08/2019 - Hora:08h53
A Figurado Pai
Reprodução

Hoje gostaria de desenvolver a segunda parte da reflexão sobre a figura do pai na família. Na vez passada, falei do perigo dos pais “ausentes”, hoje quero olhar ao aspecto positivo. Também São José foi tentado a deixar Maria, quando descobriu que estava grávida: mas intervém o anjo do Senhor que lhe revelou o desígnio de Deus e a sua missão de pai adotivo; e José, homem justo, “toma consigo sua esposa” (Mt 1, 24) e se torna o pai da família de Nazaré. Cada família precisa do pai. Hoje nos concentremos no valor do seu papel, e gostaria de partir de algumas expressões que se encontram no Livro dos Provérbios, palavras que um pai dirige ao próprio filho, e diz assim: “Filho meu, se o teu coração for sábio, também o meu será cheio de alegria. Exultarei dentro de mim, quando os teus lábios disserem palavras retas” (Pv 23, 15-16). Não se poderia exprimir melhor o orgulho e a comoção de um pai que reconhece ter transmitido ao filho aquilo que realmente conta na vida, ou seja, um coração sábio.

Um pai sabe bem quanto custa transmitir esta herança: quanta proximidade, quanta doçura e quanta firmeza. Porém, que consolo e recompensa se recebe quando os filhos honram esta herança! É uma alegria que redime todo cansaço, que supera toda incompreensão e cura toda ferida. A primeira necessidade, então, é justamente essa: que o pai seja presença na família. Que seja próximo à mulher, para partilhar tudo, alegrias e dores, cansaços e esperanças. E que seja próximo aos filhos em seu crescimento: quando brincam e quando se empenham, quando estão despreocupados e quando estão angustiados, quando se exprimem e quando ficam em silêncio, quando ousam e quando têm medo, quando dão um passo errado e quando reencontram o caminho; pai presente, sempre. Dizer presente não é o mesmo que dizer controlador! Porque os pais muito controladores anulam os filhos, não os deixam crescer.

O Evangelho nos fala do exemplo do Pai que está nos céus – o único, diz Jesus, que pode ser chamado realmente “Pai bom” (cfr Mc 10, 18). Todos conhecem aquela extraordinária parábola chamada do “filho pródigo”, ou melhor, do “pai misericordioso”, que se encontra no Evangelho de Lucas no capítulo 15 (cfr 15, 11-32). Quanta dignidade e quanta ternura na espera daquele pai que está na porta da casa esperando que o filho retorne! Os pais devem ser pacientes. Tantas vezes não há outra coisa a fazer se não esperar; rezar e esperar com paciência, doçura, magnanimidade, misericórdia. Se há alguém que pode explicar até o fundo a oração do “Pai nosso”, ensinada por Jesus, este é justamente quem vive em primeira pessoa a paternidade. Sem a graça que vem do Pai que está nos céus, os pais perdem a coragem e abandonam o campo. Mas os filhos precisam encontrar um pai que os espera quando retornam dos seus insucessos. Farão de tudo para não admitir isso, para não deixarem ver, mas precisam; e não encontrar isso abre feridas difíceis de curar. ***___vaticannews.va/pt/papa-francisco

 



fonte: vaticannews.va/pt/papa-francisco



JBA anuncie aqui anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
rotary
rotary alimento
High Society
Felicitamos nossa leitora assídua Alzira Lindote que domingo recebeu os abraços da família pela passagem de mais um natalício. Parabéns pela beleza que você espalha por onde passa! Parabéns pela doçura de seus gestos, pela ternura que sempre trás em suas palavras. Que Deus lhe abençoe com um ano pleno de saúde e felicidades sempre. Receba hoje os abraços da família do JCC. Vivas a querida Vânia Costaldi, que festejou mais um ano de vida recebendo o carinho dos amigos nas redes sociais. Esperamos que a cada ano, você adquira novas forças e que continue firme e vencendo sempre. Deus está do seu lado e terá sempre uma benção para te oferecer. Parabéns, seja feliz em todos os dias da sua vida. Os parabéns a princesinha Elena que comemorou seu primeiro aniversário, com direito a bolo, docinhos e muita alegria. Na foto com os pais Thomas Silva e Bárbara Forgiarini Bastos Aniceto que festejaram a data ao lado da família. Que Papai do Céu cubra você de muitas bênçãos, que você cresça saudável e que nunca te falte o necessário para tua felicidade.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados