Diretora administrativa: Rosane Michels
Quinta-feira, 21 de Janeiro de 2021
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Mesmo com a economia fraca carga tributária é 35% do PIB
Data:30/07/2019 - Hora:09h03
Mesmo com a economia fraca  carga tributária é 35% do PIB
Ilustrativa

Mesmo com a economia “patinando”, a carga tributária do País bateu recorde histórico e atingiu 35,07% do Produto Interno Bruto (PIB) em 2018, o equivalente a R$ 2,39 trilhões. O pico anterior da série, iniciada em 1947, era de 2008. No ano passado, cada brasileiro recolheu em média R$ 11.494 em impostos e precisou trabalhar 128 dias só para quitar compromissos com o Fisco.

A maior parte foi recolhida pela União (22,66% do PIB). Os governos dos estados ficaram com 8,65% do total, principalmente por meio do ICMS. Já as prefeituras recolheram 2,27% da carga tributária, essencialmente por meio de IPTU e Imposto Sobre Serviços (ISS).

O secretário do Tesouro, Mansueto Almeida, lembrou que a carga tributária brasileira é alta na comparação com os países da América Latina e está cerca de dez pontos do PIB acima da média da região. Ele destacou que o total de impostos pagos pelos brasileiros é elevado por conta do tamanho das despesas públicas.

“A gente tem uma carga tributária alta, uma dívida pública alta e que está crescendo, e ainda tem um déficit fiscal alto. Se não quiser cortar despesa, só aumentando a carga tributária;”disse ele.

Apesar da quantidade de impostos pagos, as contas do governo federal fecharam fevereiro no vermelho e registraram um rom bode R $18,2 bilhões. Foi o quarto pior resultado de toda a série histórica, iniciada em 1997. Para este ano, o governo busca atingir uma meta fiscal, que, por conta do desequilíbrio fiscal brasileiro, é de um rombo de até R$ 139 bilhões.

Segundo o levantamento, feito pelos economistas José Roberto Afonso e Kleber de Castro, o peso dos tributos sobre as empresas e pessoas físicas teve um crescimento de 1,33 ponto porcentual em relação a 2017, o maior salto em relação ao exercício anterior dos últimos 17 anos. O resultado reforçou os questionamentos sobre a tese aventada no final da década passada, de que, após a crise global, teria havido uma quebra estrutural na trajetória crescente da carga tributária brasileira.




fonte: A.E com Redação



anuncie anuncie aqui JBA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
rotary alimento
rotary
SEcretaria Saúde
High Society
Parabenizamos a linda Valentina Figueiredo que foi aprovada no vestibular de medicina da Unic. Merecidamente você conseguiu! E hoje os aplausos são todos para você! Parabéns! A força de vontade e a persistência trouxeram você a esse momento tão especial. Temos a convicção que essa conquista é o início de muitas outras...Que essa nova fase seja repleta de aprendizado e vitórias.  Um brinde ao casal Amarildo Merotti e Adriana Maciel Mendes, que celebraram mais um ano de casados, mais um ano de vida ungida pelas mãos de Deus. Desejamos que a felicidade continue fazendo parte do seu enlace matrimonial e que mais anos abençoados se possam acrescentar a todos aqueles que já contaram juntos. Um abraço forte a esse casal que tem fé no amor. Lançado o livro “Cáceres, Passado e presente de uma geografia poética” que proporciona ao leitor a arte em forma de poesia escrito pela ilustre cacerense Olga Castrillon Mendes, revelando a beleza histórica, cultural e religiosa da cidade com imagens capturadas pelas lentes do fotógrafo Rai Reis.  O livro valoriza e difundi a Princesinha, reconhecendo a importância e relevância do conjunto arquitetônico existente, como também o conjunto paisagístico da baía do Malheiros, rio Paraguai e Pantanal. Aplausos pelo belíssimo trabalho que teve apoio da ALMT, da Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer e Prefeitura Municipal de Cáceres. Fica a dica de leitura.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados