Diretora administrativa: Rosane Michels
Domingo, 22 de Setembro de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
No Fundo sem Garantia II
Data:24/07/2019 - Hora:07h19
No Fundo sem Garantia II
Reprodução Web

Sempre que a crise ameaça explodir as malversas conversas do governo, o setor econômico apela para a liberação de verbas do povo para o povo, como se estivesse prestando um grande favor ao liberar à César o que é de César, no caso, os recursos do FGTS do sofrido trabalhador, que têm nele, uma espécie de socorro, quando ficar desempregado, fato nem tão raro assim, num país com mais de 13 milhões de desocupados, sem CTPS e que dobra, se contar os subempregados na informalidade. Foi assim no ano passado no governo Temeroso, quando foi liberado o bereré prá moçada, uma forma de aliviar a barra do então presidente com um pé no cadafalso e livre no congresso via liberação de emendas milionárias. A festança durou pouco, acabou a grana, metade das dividas não foram pagas pós saques, voltaram a crescer sob o fermento da inflação que nunca foi de 4% ao ano, pra disfarçar chegaram a prender o Temerário duas vezes, naquele tipo de prisão repouso de weekend e tudo voltou a ficar como antes no quintal de Abrantes...até queturbulências voltaram à nave e, nada como distribuir coletes salva-vidas aos refugiados da crise, trocando emmiúdos, o povo. Saída? Claro, nova liberação de saques de contas ativas do FGTS e de quebra, do PIS-Pasep, heureca, que a fila anda e grana parada não gera 35% de imposto. Calma, que a gente não está confundindo a cuca de ninguém, cediço que dinheiro na mão é vendaval, já dizia aquela musica do Paulinho da Viola, e neste vendaval de gasto do liberado, o consumo retém 35% em impostos. Exemplo, o Zé sacou R$ 2 mil de FGTS, gastou no mercado, farmácia, boteco, oficina e os cambaus, R$ 700,00 voltou ao governo em forma de impostos, certo? Contrário ao raciocínio, o Zé argui que até então, o tal

FGTS só era liberado com a demissão do trabalhador sem justa causa; que com a reforma trabalhista, só seria liberado 80% do saldo do FGTS; que o saque só ocorreria para compra da casa própria e doenças graves, como câncer e aids, são algumas das hipóteses, e que agora vai liberar geral. Realmente o Zé até tem razão, não fosse esta reserva desembolsada pelo patrão no fundo do trabalhador, como espécie de socorro na amarga hora do desemprego, de uma doença grave, que o SUS não salva ninguém, etc. Acontece, amigão, que na raspa do taxo, nestas horas, o trabalhador sem lenço e sem documento, vai agonizar até morrer, sem fundo e sem garantia, mais uma vez, certo? O povo precisa aprender que nenhum governo ou político faz favor prá ninguém, exceto sua trupe, que milagre é só com Deus e pra quem tem fé e que sem trabalho e planejamento de gastos, mesmo com a roubalheira de impostos, não se chega a lugar algum. E não adianta perguntar no Posto Ipiranga, porque se vertem nas mídias pagas com milhões de dinheiro público, a injeção de R$ 63 bilhões na economia com a nova liberação das contas ativas do FGTS e PIS-Pasep, mais de R$ 22 bi estarão de volta ao cofre forte de Brasília, dito erário, retidos na fonte do povo, através dos impostos. E podem ter certeza, boa parte dessa grana não estorna ao povo em forma de benefícios assegurados pela constituição, como saúde e educação, só pra citar dois direitos básicos, vai é pros banquetes dos poderosos e nababos da corte; pros carrões de suas comitivas, auxílios e penduricalhos, onde seu fundo é a garantia deles, Bom Dia! 

 

 




fonte: Da Redação



anuncie anuncie aqui AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
Elegante e lindíssima Gessica Simoncele oficializou união com Igor de Souza em cerimônia preparada com muito carinho para o grande dia. Na presença de familiares, amigos e padrinhos selaram o amor. Felicidades ao casal.  Aniversariante do dia Marisa Klein Dias que recebe o carinho especial do esposo Claudio, filhos e rol de amigos. Essa coluna deseja um ano de vitórias e muita saúde. Um brinde a você...Tim tim! Empreendedora de visão, Beatriz Tavares inaugura hoje o novo espaço da Casa Marquesa com inovações agregando valores ao seu negócio. Na oportunidade recebe os clientes e amigos no fim da tarde com um coquetel. Sucessos!!!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados