Diretora administrativa: Rosane Michels
Segunda-feira, 23 de Setembro de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
Reub
Pagando caro prá Morrer
Data:18/07/2019 - Hora:13h41
Pagando caro prá Morrer
Reprodução Web

O leitor foi no Juba ou no Miura, por exemplo, gastou lá digamos R$ 50,00 que cabe numa sacola, passa no caixa, lá vem o ticket do valor e se houver, troco, até aí tudo normal até baixar o olho pro rodapé da notinha amarela que em menos de um mês apaga e nem compensa guardar, para não passar raiva do detalhe do rodapé da amarelinha, onde estão os impostos embutidos. Cerca de 35% do valor real da compra, são impostos que o cidadão queira ou não é obrigado a pagar ao Estado, não por acaso, se chama imposto, pois é uma imposição tributária dos governos ao sofrido bolso do consumidor. Como um dos pilares do Estado, o Povo anda excluído de seus direitos consagrados na Carta Magna, à margem dos outros dois pilares, Território e Soberania, obrigado em seus deveres, no caso da saúde pública, pagando caro prá morrer. Vejamos o artigo 196 da CF:  “A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.” Isso pelo menos no papel, faz parte de um pacto, aliás, a Constituição Federal vigente, foi sancionada há 31 anos, como  instrumento para fazer cumprir o pacto/contrato do povo com as instituições que o povo legitima como seus representantes. Nela, a vida é apresentada como o bem maior dos direitos fundamentais e se valesse a teoria, estaríamos num mar de rosas, mas na pratica o visível a olho nú e nem precisa enxergar bem, o descaso, precariedade, malversação e desvios de dinheiro destinados à saúde, o caos, enfim. Exemplo disso, mais de 100 mil pacientes na fila de espera, aguardando por atendimento de consulta especializada pelo Serviço Único de Saúde, o famigerado SUS em Mato Grosso. São  pacientes desde 2014, 2015 e 2016, segundo a assistente social da Coordenadoria da Central de Regulação de Vagas de Cuiabá, Darci Bezerra, ali naquele constrangimento, quiçá alguns deles já até foram pro além, bateram a caçoleta, num quadro, infelizmente real. A gente fica aqui matutando como ainda tem deputado e senador pago com o dinheiro público, alheios a gritantes mazelas, mesmo porque o indivíduo quando chega ao hospital, é porque está com dor ou alguma doença , o que já o deixa fragilizado, não apenas fisicamente, mas também no nível emocional. É nesse ponto que entra a humanização política para fomentar a capacitação dos profissionais durante o atendimento, desde a recepção até a alta do paciente. Na real isso não existe, porque os ditos nossos representantes no congresso querem que o povo se dane, afinal, só no Senado Federal, o plano de saúde deles, pago pelos nossos impostos, gastou  em 2017,  mais R$ 8,3 milhões com atendimento a 86 senadores, no luxo de remoções aéreas, tratamento no exterior e atendimento no país com profissionais e hospitais de livre escolha do parlamentar, e, com ressarcimento posterior! Grana do povo pra entupir wathsapp de eleitor com fakes, chorumelas, blá-blá-blás, cocoreco bico de pato e os cambaus, spams mal-cheirosos em sua essência, tudo falácias. é uma vergonha!




fonte: Da Redação



anuncie aqui JBA AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
zoom
High Society
Elegante e lindíssima Gessica Simoncele oficializou união com Igor de Souza em cerimônia preparada com muito carinho para o grande dia. Na presença de familiares, amigos e padrinhos selaram o amor. Felicidades ao casal.  Aniversariante do dia Marisa Klein Dias que recebe o carinho especial do esposo Claudio, filhos e rol de amigos. Essa coluna deseja um ano de vitórias e muita saúde. Um brinde a você...Tim tim! Empreendedora de visão, Beatriz Tavares inaugura hoje o novo espaço da Casa Marquesa com inovações agregando valores ao seu negócio. Na oportunidade recebe os clientes e amigos no fim da tarde com um coquetel. Sucessos!!!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados