Diretora administrativa: Rosane Michels
Terça-feira, 23 de Julho de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Salada de Abobrinha
Data:11/07/2019 - Hora:09h13
Salada de Abobrinha
Reprodução Web

Reunião, workshop, encontro, seminário, audiência pública, Santo Pai, é muita chorumela pro ouvido da gente, aí aparece um gravatinha com seu discurso eloquente: senhoras e senhores, no inicio do começo do principio, mercê se faz necessário, eis que se não quando, tenho dito, que o parangolé é mais embaixo, tal e coisa e coisa e tal, e cada qual no seu quadrado; Mais ou menos isso, que o brasileiro tem ouvido nos papos sem sentido dos engomadinhos politiqueiros, e, truco, que ouvido não é penico. Pois bem, a gente vem assistindo esta pantomima há décadas, que vai fazer isso e aquilo, que precisa resolver o problema da segurança, ...ou seria insegurança(?) da fronteira com a Bolívia, zona vulnerável de cabriteiras, do pó, dos caranguejeiros levando quadradas Hilux pro escambo com cocaína em San-Matias, e piriri e pororó. Neste repeteco de abobrinhas, lá vem de novo os Berro-Grosso com as bicarias nada digoreste, como diria o cuiabanês calejado e de carona, os cacerenses e circunvizinhos deste circo, com o anuncio de mais uma tal audiência pública hoje em Cuia, pra debater a violência na fronteira de Cáceres com a Bolívia. Não fizemos a conta, mas deve passar de uma duzia de trelelê brocoió, contando-se os eventos municipais, regionais, estaduais e federais e os graúdos engomadinhos das tais reuniões concordam que só aumentam os roubos, furtos e sequestros na região. Dizem os tais que a fronteira precisa de uma melhor atenção estadual e nacional com reforço da segurança na área e que prá tratar deste tema, vai acontecer nesta quinta feira, a audiência pública. Na pauta, uma das demandas para a região é a instalação de uma base do Ciopaer para facilitar o acesso e agilizar atendimento das ocorrências, fato que concordamos em gênero, numero e grau, assim como somos cientes de que as promessas neste sentido, remontam há décadas e as mumunhas sem nenhum resultado exceto o intenso trabalho dos pulichá do Gefron e PRF, que tem pego mulas com farinha do capeta. De resto, Xô-Mano, o tal Ciopaer foi pra Sorriso, a base aérea da FAB promessa do século passado voou longe e não decolou e a região continua restrita aos GGIs, com as estruturas necessárias carentes e com certeza, o tenente-coronel Antônio Nivaldo de Lara Filho, comandante do 6º Comando Regional PM de Cáceres e secretário executivo do Gabinete de Gestão Integrada Municipal, deve concordar. Precisamos sim, não de reuniões, encontros, workshopaudiências públicas e seminários, mas de ações concretas, a começar pela socialização fronteiriça, porque a redução da violência, (extinção, impossível) é coisa de médio e longo prazo. Um dos requisitos básicos contra a marginalidade, cediço ser a geração de emprego e renda com industrialização e a esperar pela tal 

ZPE, a Zona Politiqueira Eleitoreira, que a cada dois anos volta a baila, driblando a paciência do povo, atras de votos, pode tirar a égua da chuva, senão ela pega a H1-N1. Mas como navegar é preciso, vamos pro FIPe que a vida segue, a fila anda, o mundo gira e a alpargata roda, não é mesmo Zé-Mané?    




fonte: Da Redação



JBA anuncie aqui anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
Aniversariou ontem a querida Márcia Cristina Dal Toé, cercada de carinho pela sua linda família recebeu os abraços e as vibrações positivas do seu grande círculo de amizade. Esta colunista deseja felicidades e um ano repleto de coisas boas. Já conquistou o público paulista o artista plástico cacerense Sebastião Mendes, que após expor em Assis, já está articulando sua próxima exposição no Memorial Adélio Sarro em Vinhedo. Sucessos!!! Completou mais um ano de vida Luis Otávio Grassi, que brindou ao lado de familiares, amigos do peito e sua amada Luciane Dantas. Felicidades mil!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados