Diretora administrativa: Rosane Michels
Quinta-feira, 21 de Novembro de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Faculdade Indígena da Unemat participa do Como-Será global
Data:10/07/2019 - Hora:09h34
Faculdade Indígena da Unemat   participa do Como-Será global
Ilustrativa

O segundo episódio da série “Brasil em outras línguas”, do programa da Rede Globo “Como Será?”, que vai ao ar no próximo sábado, 13, mostrará o trabalho da Faculdade Intercultural Indígena (Faindi), da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), pioneira e referência na América Latina na condução intercultural de uma proposta pedagógica de ensino diferenciado e de valorização étnica.

Com estreia no último sábado (6), a série irá mostrar iniciativas de preservação das línguas indígenas e chamar a atenção ao risco de extinção que muitas línguas sofrem, assim como povos, culturas e as riquezas por trás delas.

A repórter Mariane Salerno e sua equipe participaram das atividades da etapa intermediária da Faindi, também chamada de tempo aldeia, realizada na Aldeia Rio Verde em Tangará da Serra e da oficina do “Projeto Aspectos fonológicos da língua Nambikwara: subgrupos Mamaindê, Negarotê, Kithaulu, Wakalitesu, Sawantesu, Alantesu, Hahaintesu e Wasusu”, realizada na Aldeia Barracão Queimado, em Comodoro.

Segundo os professores da Faindi, Mônica Cidele da Cruz e Wellington Pedrosa Quintino, as oficinas são realizas junto às comunidades Nambikwara do Vale e do Cerrado de Comodoro com o propósito de estudar as línguas desses subgrupos com o objetivo de formar linguistas dessa etnia.

A Unemat já formou 450 professores e especializou 140 deles. Este ano, a Faculdade aprovou a oferta mestrado profissional em Ensino em Contexto Indígena Intercultural, voltado especificamente para os povos indígenas.

Os cursos de graduação ofertados Faindi/Unemat, exclusivamente para a formação de acadêmicos indígenas, obedecem a uma metodologia diferenciada e são desenvolvidos em duas etapas: presencial e intermediária, esta também chamada de “tempo aldeia”. Durante esse período, os estudantes realizam pesquisas, que podem estar associadas à investigação do trabalho de conclusão de curso (TCC) ou a componentes curriculares ofertados na etapa presencial, e ainda desenvolvem atividades de estágio. Todos são orientados por professores da Unemat.




fonte: Assessoria com Redação



AREEIRA anuncie aqui anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
QI
Multivida
High Society
Parabenizamos a aluna do  6º Ano do Colégio Salesiano Santa Maria, Yasmin Calone, que venceu a etapa municipal e estadual do Concurso Cartaz da Paz, promovido pelo Lions Club. Ela venceu com o cartaz que  expressou: Paz é algo importante para sermos humanos legítimos de respeito. Yasmim já está classificada para a etapa Nacional que acontece em Brasília e será a representante do Estado de Mato Grosso. Desejamos sucessos nessa nova etapa. Destaque VIP de hoje ao advogado Silvio Teles, que participou da cerimônia de abertura do 1º Simpósio Jurídico da FAPAN, encantando autoridades e acadêmicos com a  reflexão sobre o tema a Presunção de Inocência na véspera do julgamento (definitivo) do STF. Recebendo elogios em sua rede social pela brilhante performance e conhecimento. Nossos aplausos... Hoje você Denise Cristina Bodoni inicia uma nova jornada, e nesse momento de alegria por estar completando mais um ano de vida, nós desejamos toda a felicidade do mundo, que Deus lhe conceda muitos anos de vida. Parabéns e feliz aniversário!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados