Diretora administrativa: Rosane Michels
Terça-feira, 23 de Julho de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
FIPe
Café da Manhã
Data:10/07/2019 - Hora:09h19

Peso Torto

O Impostômetro instalado na Fecomércio-MT registrou que somente na primeira semana do mês de julho, entre os dias 1º a 5, Mato Grosso arrecadou em tributos  cerca de R$ 442.395 mi, no mesmo período em junho o valor foi de R$ 439.224 mi, ou seja, houve um aumento de R$ 3.171 mi, o que representa um aumento de 6,6% e 8.8%. Considerando-se que o Sintep/MT exige do governo aumento real de 7,65% aos profissionais da Educação, o pleito não está tão fora, diante do aumento na arrecadação.

 

Ônus e Bônus

Com a devida vênia, temos que discordar do secretário de Fazenda do Estado, Rogério Gallo que argumenta que o Governo não tem condições de conceder 7,69% de reajuste aos servidores da Educação, que estão em greve desde o dia 27 de maio, alegando a lei que fala que tem 49% que pode gastar com pessoal no executivo. Óra se houve cerca de 8% a mais na arrecadação de impostos no 1º semestre, a reposição aos professores não iria interferir no percentual da LRF. 

 

RGA/Já

Racionalização deveria ser a base de todos os governantes, veja o caso de VG, pelo menos no caso dos serviçais da câmara municipal da cidade industrial na Grande Cuiabá, que ontem,(8) foi publicou no Jornal Oficial dos Municípios a lei 4.470/2019 que dispõe sobre o Reajuste Geral Anual (RGA) dos servidores efetivos e estáveis da Câmara Municipal de Várzea Grande. Consta da publicação, que o RGA concedido aos funcionários da Casa deve ser de 4,67% aplicado sobre o salário base.

 

Isonomia Salarial

Pela isonomia, o prefeito deveria agir da mesma forma com o funcionalismo e no vácuo, o governador, pois se houve aumento de arrecadação, não há que se falar em crise, em rombo no erário, em LRF como desculpa de negar reposição, que não se pode confundir com reajuste, sob pena de sacrificar o servidor refém da inflação notória nas gondolas dos supermercados na hora de comprar a gororoba. Até quando o trabalhador vai continuar tapando buracos alheios com seu bereré? Esse papo de economizar milhões pra salvar rombos aludidos do país, não cola mais.

 

Crise X Festival?

Falando em crise, que se existe não é culpa do trabalhador, em Juara, o prefeito Carlos Sirena, chora mais que bezerro desmamado sobre as dificuldades na gestão e investimentos na cidade. Alegando dificuldades econômicas, Sirena declarou que o município não terá o tradicional festival de pesca este ano, aliás ano passado,  o evento também não foi realizado e dizem, por dificuldades financeiras. Por coincidência, Juara e Cáceres são potencias da pecuária e aqui, o prefeito com sua seleta equipe não deixou de promover o FIPe!

 

Nepotismo Cruzado

Após expedição de notificação recomendatória do Ministério Público do Estado de Mato Grosso, a Prefeitura Municipal de Itiquira, exonerou servidor público suspeito de nepotismo indireto. Uma segunda servidora, ao tomar conhecimento do procedimento em trâmite no Ministério Público, solicitou espontaneamente a própria exoneração. Os servidores em questão eram filho e esposa de vereadores do município e adivinhem quantos andam por ali na mesma situação.




fonte: Da Redação



JBA anuncie aqui anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
zoom
High Society
Aniversariou ontem a querida Márcia Cristina Dal Toé, cercada de carinho pela sua linda família recebeu os abraços e as vibrações positivas do seu grande círculo de amizade. Esta colunista deseja felicidades e um ano repleto de coisas boas. Já conquistou o público paulista o artista plástico cacerense Sebastião Mendes, que após expor em Assis, já está articulando sua próxima exposição no Memorial Adélio Sarro em Vinhedo. Sucessos!!! Completou mais um ano de vida Luis Otávio Grassi, que brindou ao lado de familiares, amigos do peito e sua amada Luciane Dantas. Felicidades mil!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados