Diretora administrativa: Rosane Michels
Domingo, 23 de Fevereiro de 2020
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Reféns da Cota Zero
Data:02/07/2019 - Hora:21h54
Reféns da Cota Zero
Reprodução Wev

O pescador pode estar sujeito a num futuro breve ir debaixo de varas, não para o rio, córrego ou lagoa, buscar o sustento para sua família, mas às barra do tribunal, como se dizia antigamente sobre alguém ser conduzido coercitivamente à presença de um juiz para se explicar sobre eventual infração cometida. Pelo menos, se aprovada uma tal lei cujo projeto em discussão em Mato Grosso, proibir, a partir de janeiro de 2020, o transporte, armazenamento e comercialização de peixes oriundos dos rios do estado capturados através da pesca amadora por cinco anos. O abacaxi está nas mãos dos ilustres deputados, lídimos representantes do povo, na assembléia legislativa, tramitando naquela dita casa de leis. De autoria do próprio governo, o projeto, após o período estipulado, deverá definir uma cota para a pesca amadora, vigiando, exceto a cota diária de subsistência do ribeirinho, apenas a pesca na modalidade pesque e solte será permitida. Acontece que além da pesca para consumo, o ribeirinho depende da venda excedente para outras despesas caseiras e não pode tornar-se refém de uma lei singular, coibindo a venda varejo do pescado à quem sobrevive apenas disso, respeitando o meio ambiente, como uma bênção provedora de sua humilde vida e família. Cediço, que o Pantanal tem importância ecológica particular porque, além de ser uma área úmida com mais de 190 mil km², é uma região para a qual convergem cinco biomas distintos: o Cerrado, a Mata Atlântica, o Bosque Seco Chiquitano, o Chaco e o Amazônico. Seus processos ambientais, dentre eles o hidrológico, com períodos de seca e cheia, permitem que a pesca, em suas diferentes modalidades, seja a atividade que mais gera trabalho e renda na região. Sem sua existência alguns municípios, sobretudo aqueles de fronteira com Bolívia e Paraguai, enfrentariam uma verdadeira tragédia social e econômica. O desemprego chegaria, se é que já não chegou,  para milhares de pessoas e certamente ocorreria, se é que já não acontece, um aumento expressivo do tráfico e do contrabando. Além de fornecer postos de trabalho, (turismo, hotéis, etc) a pesca é também a principal fonte de sustento para milhares de ribeirinhos e comunidades tradicionais que vivem ao longo de seus rios. A gente até entenderia a preocupação dos políticos com a pesca no pantanal, desde que não se restringisse a sacrificar o ribeirinho pescador, omissa aos demais problemas que o Pantanal enfrenta, aos sérios fatores de degradação ambiental que afetam os recursos hídricos com crescente intensidade, tais como: efeitos de assoreamento, aumento de material em suspensão, pesticidas e agrotóxicos, que afetam negativamente a sobrevivência de ovos e larvas de peixes; o aumento da carga de nutrientes com perda de biodiversidade; e a fragmentação dos rios por barragens, que impedem as migrações e eliminam os peixes de piracema, sendo a principal causa de redução da produção pesqueira, com efeitos em todo o ecossistema. A gente confia no Cepesca, nas colonias, exemplo, a Z-2 em Cáceres, voltada essencialmente na defesa do pescador, lutando pelos seus direitos contra os poderosos  e oxalá, se novidades houver, que sejam em prol do ribeirinho, diminuindo conflitos em remendos de lei, que ameacem  o uso sustentável do peixe como recurso natural.




fonte: Da Redação



JBA anuncie aqui anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
O aniversário é aquela data que muitos esperam o ano todo por ela, por ser o dia ideal para reunir todas as pessoas que amamos e celebrar por algo tão incrível que é a vida! E quem festejou mais uma primavera, foi a querida Maira Cristina Mauriz Pinheiro, que recebeu o carinho especial do maridão, filho e amigos. Que Deus lhe presenteie com um ano recheado de alegrias e vitórias.    Vivas a aniversariante Maria das Graças da Silva Vidal. Que Deus, em sua infinita bondade, lhe dê tudo de bom que você merece. Que você tenha muita alegria, paz, saúde e felicidade. Que este dia de festa e comemoração seja repleto de diversão e alegria, assim como os dias que virão. Feliz Aniversário! Na foto com o esposo Eliseu. No rol dos aniversariantes registramos Claudionor Duarte recebendo os parabéns e abraços da família e amigos. Todos os grandes desejos começam no coração. E de coração eu te desejo: Feliz Aniversário!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados