Diretora administrativa: Rosane Michels
Sábado, 29 de Fevereiro de 2020
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Homens do Fogo
Data:02/07/2019 - Hora:08h29
Homens do Fogo
Reprodução Web

Hoje vamos fazer uma pequena pausa nas rufadas aos políticos safados,  para discorrer acerca de uma das raras profissões dignas de elogios na Pátria Amarga de tantas bagunças. A gente se refere aos bombeiros, cuja data o calendário registra nesta terça-feira, 2 de julho, com certeza, a maioria, comemorando no batente, que a batalha do cotidiano é ferrenha. Pois bem, foi num dia 2 de julho de 163 anos atrás, ou seja, em 1856, que D. Pedro II assinou  o decreto nº. 1.775, que regulamentava pela primeira vez o serviço de extinção de incêndios no Brasil. Naquela época, ao som do badalar dos sinos, os incêndios eram apagados "mão-a-mão", através de uma corrente de pessoas, ficando a primeira na beira de um poço enchendo os baldes de água e as demais, passando adiante. Neste trabalho, eram engajadas todas as pessoas, velhos, moços e até crianças. Os primeiros bombeiros foram treinados a trabalhar precariamente, em um carro puxado por cavalos onde carregavam as pipas d’água. Somente em 1887 é que os bombeiros passaram a receber equipamentos de boa qualidade, entre eles uma bomba com mangueira. Já em 1891, houve um aumento considerável no efetivo de homens, e além da cavalaria, foram também adquiridas seis bicicletas para fazer a ronda, que utilizava cornetas para fazer os alarmes. Mas isso foi ontem, considerando-se que historicamente, os bombeiros remontam à origem do emprego do fogo pelo homem, sendo uma das primeiras equipes de combate ao fogo de que se tem notícia, criada na antiga Roma. Alí no berço da história, o Imperador Augusto no ano 27 Antes de Cristo, formou um grupo de Vigiles, que patrulhava as ruas para impedir incêndios e também para policiar á cidade, através de patrulhas. Neste período da história, o fogo era um problema de difícil resolução para os vigiles, que contavam com métodos insuficientes para a extinção das chamas. Uma das normas mais antigas de proteção contra incêndios foi promulgada no ano de 872 em Oxford, Inglaterra, estabelecendo um toque de alerta, a partir do qual se deviam apagar todos os incêndios que estivessem ocorrendo naquele momento. Mas, e sempre temos o mas.. o tempo passou, voltando aos tempos de D. Pedro II, o patropi após ter sido redescoberto por Cabral pós Colombo e Pinzon, 356 anos das reformas imprevidentes, depois de lengas lengas, fogo das saloias e gajos, baldes de baldes, das carroças com parelhas de cavalos aos pesadões Ford V-8 (1940), a evolução aos poucos, foi chegando e  nas últimas décadas, os bombeiros dispõem de estruturas sofisticadas, (Magirus, Lukas, etc) o que lhes possibilita desenvolver muitas outras funções, além do combate ao fogo. Eles socorrem vítimas de catástrofes naturais, resgatam cães e gatos presos em árvores ou telhados, capturam animais soltos que oferecem perigo à população e resgatam vitimas de acidentes nas estradas, como anjos da guarda, em missões diuturnas, nem sempre reconhecidos pelos seus inestimáveis préstimos à sociedade.  No Mato Grosso, o Corpo de Bombeiros Militar, foi criado  em 19 de agosto de 1964, (Lei nº 2.184, de 19/08/1964),  destinado ao serviço de extinção de incêndio e salvamento, vindo a substituir a Chefatura de Polícia, organização com 1º registro noticiado na história de Mato Grosso em 1842,  (Lei nº 2626, de 7/7/1966). Histórias a parte, queremos nesta terça 2 de julho, congratular-mos com todos os bombeiros de Mato Grosso, do recruta ao coronel, pela efeméride hoje comemorada, Parabéns!

 



fonte: Da Redação



AREEIRA JBA anuncie aqui
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
zoom
High Society
O aniversário é aquela data que muitos esperam o ano todo por ela, por ser o dia ideal para reunir todas as pessoas que amamos e celebrar por algo tão incrível que é a vida! E quem festejou mais uma primavera, foi a querida Maira Cristina Mauriz Pinheiro, que recebeu o carinho especial do maridão, filho e amigos. Que Deus lhe presenteie com um ano recheado de alegrias e vitórias.    Vivas a aniversariante Maria das Graças da Silva Vidal. Que Deus, em sua infinita bondade, lhe dê tudo de bom que você merece. Que você tenha muita alegria, paz, saúde e felicidade. Que este dia de festa e comemoração seja repleto de diversão e alegria, assim como os dias que virão. Feliz Aniversário! Na foto com o esposo Eliseu. No rol dos aniversariantes registramos Claudionor Duarte recebendo os parabéns e abraços da família e amigos. Todos os grandes desejos começam no coração. E de coração eu te desejo: Feliz Aniversário!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados