Diretora administrativa: Rosane Michels
Sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2020
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Imigrantes e Paus-Rodados
Data:25/06/2019 - Hora:08h36
Imigrantes e Paus-Rodados
Reprodução Web

Instituído no Brasil em 1957 através da lei 30.128, o Dia do Imigrante é comemorado neste 25 de junho, quando se encerra a semana das festividades iniciadas em 18 de junho, com o Dia da Imigração Japonesa, assunto que abordamos na última terça feira, data dos 111 anos da imigração japonesa no Braisl. Em todo o mundo a imigração sempre aconteceu e continuará acontecendo, principalmente após a globalização, onde as pessoas podem se comunicar via Internet ou satélite, com outras pessoas de lugares distantes. Muita gente confunde imigrante com migrante e realmente existe uma diferença, por exemplo, o migrante é aquele que sai de um lugar para outro em seu próprio país, igual este editor que saiu de São Paulo em 2003 e veio para o Mato Grosso. Por outro lado, o imigrante é aquele muda de um país para o outro e que em seu país de origem recebe o nome de emigrante, sendo imigrante no país para onde se radicou, meio confuso, mas é assim mesmo. Curioso, que no Brasil, os naturais de alguns estados recebem uma denominação diversa da normal, exemplificando: o carioca fluminense é o Papa-Goiaba; o nascido em Santa Catarina além de Catarinense é Barriga-Verde; Natural do Espírito Santo, o Espiritosantense é chamado de Capixaba; paranaenses de Londrina e Curitiba, são os Pés-Vermelhos,  e, quem nasceu no Rio Grande do Norte além de Riograndense do Norte é Potiguar. Aqui na terra dos Xo-manos, bicho de fora é Pau-Rodado mesmo e não tem trelelê, que se comer cabeça de pacu, pode até viajar, migrar pra outras plagas, passar férias, mas volta. E nesta idas e voltas, íamos nos esquecendo do personagem da data, o Imigrante, aquele cidadão que por vários motivos, dentre os quais a falta de perspectiva em sua própria nação, espírito de aventura, guerras, razões políticas, estudo etc, zarpa para um país estranho, e, claro, a principio passa por sufocos até se adequar aos costumes e língua da nova nação. No Brasil, a imigração se deu ao se tornar independente de Portugal, em 1822, quando apesar de ser um país muito extenso, era pouco povoado, precisando ocupá-lo de fato, com sua própria gente, e dessa maneira garantir as fronteiras. Por esse motivo, uma das medidas do governo brasileiro foi incentivar a vinda de imigrantes europeus, que, verdade seja dita, contribuíram para o desenvolvimento de uma vasta área do país. Embora, os portugueses tenham sido antes de tudo nossos colonizadores, eles vieram como imigrantes para o Brasil em 1853, se estabelecendo em São Paulo, principalmente, nas fazendas de café. Mas depois, ampliaram suas atividades no interior do país, abrindo pequenos negócios como padarias, mercearias e serralherias etc. Na região Sul, italianos, alemães, poloneses e ucranianos, entre outros, povoaram as áreas serranas e os vales dos rios. Entre 1884 e 1903, mais de um milhão de italianos chegaram ao nosso país. A maioria deles se estabeleceu em São Paulo, Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina. Os japoneses chegaram em 1908, quando o Japão enfrentava sérios problemas econômicos e sociais. Os alemães chegaram em 1924 e fundaram colônias, como as de São Leopoldo (RS), Rio Negro (PR) e São Pedro de Alcântara (SC).  Sem distinção, queremos nesta data, à todos os imigrantes e descendentes, registrar a nossa saudação de Pau-Rodado, pela efeméride.

 



fonte: Da Redação



AREEIRA anuncie anuncie aqui
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
zoom
High Society
O aniversário é aquela data que muitos esperam o ano todo por ela, por ser o dia ideal para reunir todas as pessoas que amamos e celebrar por algo tão incrível que é a vida! E quem festejou mais uma primavera, foi a querida Maira Cristina Mauriz Pinheiro, que recebeu o carinho especial do maridão, filho e amigos. Que Deus lhe presenteie com um ano recheado de alegrias e vitórias.    Vivas a aniversariante Maria das Graças da Silva Vidal. Que Deus, em sua infinita bondade, lhe dê tudo de bom que você merece. Que você tenha muita alegria, paz, saúde e felicidade. Que este dia de festa e comemoração seja repleto de diversão e alegria, assim como os dias que virão. Feliz Aniversário! Na foto com o esposo Eliseu. No rol dos aniversariantes registramos Claudionor Duarte recebendo os parabéns e abraços da família e amigos. Todos os grandes desejos começam no coração. E de coração eu te desejo: Feliz Aniversário!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados