Diretora administrativa: Rosane Michels
Quarta-feira, 27 de Maio de 2020
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
FAPAM
Corpus Christi: alimento da Fé
Data:20/06/2019 - Hora:09h08
Corpus Christi: alimento da Fé
Divulgação

“O Senhor, teu Deus, (…) te alimentou com o maná, que tu não conhecias” (Dt 8,3). Estas palavras de Moisés fazem referência à história de Israel, que Deus fez sair do Egito, da condição de escravidão, e por quarenta anos o guiou no deserto para a terra prometida. Uma vez estabelecido na terra, o povo eleito atingiu uma autonomia, um bem-estar, e correu o risco de esquecer as tristes vicissitudes do passado, superadas graças à intervenção de Deus e à sua infinita bondade. Então as Escrituras exortam a recordar, a fazer memória de todo o caminho feito no deserto, no tempo da penúria e do desconforto.  Além da fome material o homem leva consigo outra fome, uma fome que não pode ser saciada com comida comum. É a fome de vida, fome de amor, fome de eternidade. O sinal do maná – como toda experiência do êxodo – continha em si também esta dimensão: era figura de uma comida que sacia esta fome mais profunda que existe no homem. Jesus nos dá este alimento, assim, é Ele mesmo o pão vivo que dá vida ao mundo. Seu Corpo é verdadeira comida sob a espécie de pão; seu Sangue é verdadeira bebida sob a espécie de vinho. Não é um simples alimento com o qual sacia nossos corpos, como o maná; o Corpo de Cristo é o pão dos últimos tempos, capaz de dar vida, e vida eterna, porque a substancia deste pão é Amor.

Na Eucaristia se comunica o amor do Senhor por nós: um amor tão grande que nos nutre com Si mesmo; um amor gratuito, sempre à disposição de todos os famintos e necessitados de restaurar as próprias forças. Viver a experiência da fé significa deixar-se alimentar pelo Senhor e construir a própria existência não sobre bens materiais, mas sobre a realidade que não perece: os dons de Deus, sua Palavra e seu Corpo. Se olharmos ao nosso redor, daremos conta de que existem tantas ofertas de alimento que não vem do Senhor e que aparentemente satisfazem mais. Alguns se nutrem com o dinheiro, outros com o sucesso e com a vaidade, outros com o poder e com o orgulho. Mas a comida que nos alimenta verdadeiramente e que nos sacia é somente aquela que nos dá o Senhor! O alimento que nos oferece o Senhor é diferente dos outros e talvez não nos pareça assim saboroso como certas iguarias que nos oferecem o mundo. Agora sonhamos com outros alimentos, como os hebreus no deserto que choravam a carne e as cebolas que comiam no Egito, mas esqueciam que aqueles alimentos eram comidos na mesa da escravidão. Eles, naqueles momentos de tentação, tinham memória, mas uma memória doente, uma memória seletiva. Qual é minha memória? Aquela do Senhor que me salva ou a do alho e das cebolas da escravidão? Com que lembrança eu satisfaço minha alma? O Pai nos diz: “Te alimentei com o maná que tu não conhecias”. Recuperemos a memória e aprendamos a reconhecer o pão falso que ilude e corrompe, porque fruto do egoísmo, da auto-suficiência e do pecado. A Hóstia é nosso maná, mediante o qual o Senhor nos dá a si mesmo, Amém. (/w2.vatican.va/content/francesco/pt/homilies/2017/documents/papa-francesco).

 




fonte: radiovaticana.va/news



JBA anuncie AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
rotary
rotary alimento
Multivida
High Society
Flores multicoloridas a delegada Judá Maali Pinheiro Marcondes que festejou data nova e recebeu o carinho mais que especial da família e rol de amigos. Que esse novo ano seja repleto de coisas boas e que Deus derrame infinitas bençãos, dando saúde e sabedoria para continuar realizando esse brilhante trabalho à frente da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso Dedico este espaço hoje a Maria Madalena Souza Pinto, uma pessoa muito especial, que carrega consigo o dom de ensinar. Ela ontem apagou mais uma velinha e recebeu os calorosos abraços dos filhos, netos e amigos.  Um beijo enorme com votos de saúde, prosperidades e muitos anos de vida. Tim Tim a sua felicidade!!! Hoje é dia de festa para Arci Rezende que está marcando mais um golaço no placar da vida. Na oportunidade recebe os parabéns dos familiares, rol de amigos e dos companheiros do Rotary. Muita luz, amor, paz e realizações é o que lhes desejamos para o novo ano que inicia. Salute!!!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados