Diretora administrativa: Rosane Michels
Quinta-feira, 19 de Setembro de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Sefaz afasta auditor acusado de abuso sexual em Cáceres
Data:07/06/2019 - Hora:07h26
Sefaz afasta auditor acusado  de abuso sexual  em Cáceres
Ilustrativa

O prefeito de Cáceres, Francis Maris Crus demitiu o auditor Cristiano Xavier Alves de Gouveia,  decisão foi publicada no Diário Oficial dos Municípios da última segunda-feira (3), resultado de Processo Administrativo Disciplinar (PAD) instaurado no dia 25 de abril de 2018, para a apuração de suposta infração grave cometida no ambiente de trabalho pelo servidor. Cristiano é acusado de abusar sexualmente de três funcionárias, na sede do órgão localizado no município de Cáceres .

O auditor responde a um Processo Administrativo Disciplinar e havia sido afastado de suas funções por cerca de 30 dias, no entanto, não retornara ao trabalho no prazo previsto e nem havia comparecido às audiências. O mesmo teria pedido exoneração do cargo, no dia 12 de julho de 2018, mas teve o pedido negado. Agora, foi exonerado de acordo com publicação no Diário Oficial, que circulou na última segunda-feira (3).

Cristiano teria alegado que havia passado em um concurso na cidade de Pequizeiro, no Estado do Tocantins, para a função de escrivão, na Polícia Judiciária Civil e não poderia comparecer a cidade de Cáceres, pois estaria em estágio probatório. A delegada Judá Maali disse que Cristiano já foi ouvido na delegacia. Um inquérito policial contra ele foi finalizado e será encaminhado para o poder Judiciário.

Quanto as acusações que pesam contra ele, registrados em 2018, foram apurados os seguintes atos infracionais: utilizar-se do cargo e função pública para trazer fora do expediente de atendimento da Prefeitura de Cáceres uma suposta vítima com intenções subjetivas; utilizar-se do cargo, da função, da repartição pública, mediante força física e coação cometer ato ilícito a uma cidadã (suposta vítima); utilizar-se do cargo, da função, da repartição pública e mediante ação premeditada, força física e coação, cometer ato ilícito com colegas de trabalho (supostas vítimas).

Em sua defesa, o auditor fiscal disse que os fatos narrados no boletim de ocorrência são ilógicos e seriam uma forma clara de prejudicar a sua imagem. Ressaltou ainda que sempre respeitou o ambiente de trabalho, prezando pelo respeito aos seus colegas e de todos em sua volta. De acordo com ele, os fatos descritos no BO são inverídicos.

No entanto, a comissão concluiu que as denúncias são verdadeiras, e que houve excesso do servidor no uso do cargo público municipal para seu próprio proveito de forma reiterada, corroborado com ofensa física, ameaças, assédio moral e assédio sexual.

Cristiano teria alegado que havia passado em um concurso na cidade de Pequizeiro, no Estado do Tocantins, para a função de escrivão, na Polícia Judiciária Civil e não poderia comparecer a cidade de Cáceres, pois estaria em estágio probatório. A delegada Judá Maali disse que Cristiano já foi ouvido na delegacia. Um inquérito policial contra ele foi finalizado e será encaminhado para o poder Judiciário.




fonte: Assessoria com Redação



anuncie JBA AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
Brindando idade nova a socialite Marta Silveira Rocha, cercada de carinho pelo seu esposo, filhos, amigos e colaboradores do Laboratório São Lucas apagou vela ao som do Parabéns a você. Receba os abraços desta coluna com votos de felicidades sempre.  Flashs ao aniversariante Maurício Olivi que celebra a data ao lado da família recebendo os parabéns do rol de amigos. Que seus dias futuros sejam prósperos e repletos de sonhos realizados. Saúde e prosperidades!!! Flores multicoloridas a nossa leitora assídua Dalva Campesatto, pessoa encantadora, a quem dedicamos o destaque hoje, nosso carinho e respeito. Grande abraço!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados