Diretora administrativa: Rosane Michels
Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Soja convencional em Mato Grosso chega a 35% e bate recorde mundial
Data:13/06/2012 - Hora:13h02
Soja convencional em Mato Grosso chega a 35% e bate recorde mundial
Visando um mercado consumidor cada vez mais exigente, a soja convencional se mostra como uma opção técnica e economicamente viável para os produtores. Sementes testadas e aprovadas nos 3 anos do Programa Soja Livre apresentam um rol de opções cada vez maior. Em Mato Grosso, maior produtor de soja livre do mundo, a colheita do grão não-transgênico chegou a cerca de 35% na última safra. Para a próxima, segundo o diretor técnico da Associação Brasileira de Produtores de Grãos Não Geneticamente Modificados (Abrange), Ivan Paghi, a expectativa é de 30%. Os maiores consumidores destes produtos são União Européia e Japão. No mercado, a saca de soja livre é comercializada por cerca US$ 1 a US$ 1,5 a mais que a transgênica. No entanto, para atender a esse mercado exigente, é preciso rigor. Para os produtores que pretendem investir nessa opção, o Programa Soja Livre disponibiliza, gratuitamente, uma cartilha com as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Paghi lembra que aqueles que há 5 anos, por exemplo, vem cultivando a soja transgênica, agora, com a área limpa, podem fazer a rotação, voltando a obter mais lucros com a produção de soja livre. Estima-se que a cada mil hectares plantados com essas variedades de semente, a renda adicional seja de até R$ 200 mil. No estado, a maior parte da produção de soja livre concentra-se na região de Campo Novo dos Parecis e Diamantino, onde são cultivados aproximadamente 50% dos grãos não-transgênicos. Criado em 2009, através de parceria entre Abrange, Embrapa e Aprosoja , o programa Soja Livre reforça uma história de mais de 35 anos de sucesso com a soja convencional no Brasil. Presente hoje em 11 estados, é patrocinado pela Caramuru, Amaggi, Imcopa, FMC, CTPA, Emater-GO, Fundação Meridional, Fundação Triângulo, Epamig, Fundação Cerrados e Fundação Bahia e conta com o apoio da Aprosmat, Fundação Rio Verde, Agrodinamica, Test agro, Dalcin Consultoria, Coodeagri, Famato e Senar.


fonte: Da Redação



AREEIRA anuncie aqui anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
 Trabalhando na nova coleção para exposição 2018 na Austrália, o artista plástico Sebastião Mendes. A exposição acontecerá em Sidney com a curadoria da marchand Sandra Setti. Talento sabemos que tem de sobra, só nos resta desejar muito mais sucessos.    O click de hoje vai para a gatinha Eloah Valentina, que encanta com seu jeitinho sapeca de ser. Beijinhos!!! Em festa ontem Joaquim Sodré marcou mais um golaço no placar da vida e recebeu o carinho especial dos amigos e familiares. Que Deus lhe conceda um ano de realizações e muita saúde.  Parabéns pra você!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados