Diretora administrativa: Rosane Michels
Sábado, 24 de Agosto de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Unemat garante a autonomia indígena na educação escolar
Data:23/04/2019 - Hora:08h35
Unemat garante a autonomia   indígena na educação escolar
Assessoria

Na Unemat, todo dia é dia de garantir o protagonismo indígena na Educação Escolar. A Universidade do Estado de Mato Grosso é pioneira, na América Latina, na oferta de cursos de graduação e pós-graduação específicos e diferenciados para a qualificação e habilitação de professores indígenas que trabalham nas escolas das aldeias.

Em mais de 17 anos de Educação Escolar indígena, a Unemat já graduou 450 professores indígenas pertencentes a mais de 34 etnias e especializou 140 professores.

Além das ações pioneiras para a formação de professores indígenas em nível de graduação, a Universidade passa a ofertar mestrado profissional Ensino em Contexto Indígena Intercultural, para a formação de professores indígenas da Educação Básica. Aprovado nesse mês de março pela Capes, o programa ofertará 20 vagas em duas linhas de pesquisa: “Ensino, docência e interculturalidade” e “Ensino e linguagens em contexto intercultural”.

Todos os cursos são desenvolvidos em articulação constante com o movimento indígena, tendo como valores centrais: discussão de território dos povos indígenas, valorização da identidade e cultura, diálogos interculturais entre diferentes conhecimentos, saberes, valores e princípios cosmológicos dos povos originários do Brasil.

Graduado em Artes, Língua e Literatura, pela Faculdade Indígena Intercultural (Faindi), e mestre em Literatura pela Unemat, Márcio Monzilar é o atual Coordenador Pedagógico da Escola Estadual Indígena Julá Paré. Para ele, a Unemat desempenha um trabalho importante ao integrar os diferentes saberes. “E mais ainda porque faz um trabalho de uma educação diferenciada, onde reconhece os conhecimentos tradicionais de escolas indígenas, o que vem fortalecendo cada vez mais nossas escolas e nossas comunidades”, disse.

Atualmente estão em formação 120 professores-indígenas, de 23 etnias, nos cursos de licenciatura em Pedagogia Intercultural e licenciatura Intercultural. Os cursos são ofertados por meio da Faculdade Indígena Intercultural (Faindi), ligada ao Câmpus Universitário Deputado Renê Barbour, no município de Barra do Bugres.




fonte: Assessoria



anuncie AREEIRA anuncie aqui
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
Com a presença de autoridades e associados, a equipe do Sicredi Cáceres comemorou na manhã de ontem o Jubileu de Porcelana, que marca 20 anos de trabalho da Cooperativa na cidade. Na oportunidade a gerência ofereceu aos presentes um requintado café da manhã. Esta coluna deseja a toda a equipe muito mais sucessos, na máxima de  Destaque mais que especial ao Grupo Chalana que festejou 27 anos de existência, 27 anos cultivando amizades, transformando vidas, cultivando o amor pela cultura. A todos os Chalaneiros nosso reconhecimento e aplausos. Muito feliz em rever o amigo de longas datas,  Silvio Teles, Chefe de Gabinete da Câmara Municipal de Cáceres, que atende a todos com muita presteza e cordialidade, sem esquecer é claro da competência. Desejamos um excelente fim de semana e bom descanso.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados