Diretora administrativa: Rosane Michels
Quarta-feira, 21 de Agosto de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Projeto Palco-Escola abre uma alternativa interativa
Data:17/04/2019 - Hora:09h03
Projeto Palco-Escola abre  uma alternativa interativa
Assessoria

O Projeto Palco Escola inserido dentro do contexto da histórica cidade de Cáceres, se propõe como uma alternativa de vivência integral na escola, proporcionando aos alunos contato direto com profissionais de diversas áreas, artistas, estudantes universitários e oferece condições para que essas novas gerações possam sonhar e ter o discernimento de construir um presente e um futuro com dignidade.

Principal cidade mato-grossense abrangida pelo Pantanal, Cáceres enfrenta muitos problemas reais com o tráfico de drogas, crianças em situação de risco, adolescentes e jovens propensos à marginalização, por estarem expostos a situações de envolvimento e comercialização de drogas ilícitas, daí, a importância fundamental do projeto Palco-Escola, que na pratica, nasceu e tem suas raízes em mais de 10 anos de experiências de trabalho educacional e cultural realizado com estudantes de escolas de ensino médio, na faixa etária entre 14 e 17 anos e estudantes universitários, por meio de realização de saraus no pátio do campus da Unemat, que já acontece desde 2006 até a atualidade.

Considerando o pouco acesso dos estudantes e jovens de Cáceres a eventos culturais gratuitos e de qualidade, a importância e a necessidade das Escolas e Universidades oferecerem um ambiente cultural atrativo – que desperte e sensibilize a formação integral do indivíduo – é que se apresenta o Palco Escola, como uma alternativa de interação cultural e profissional direta dos estudantes com profissionais em geral, parceiros do Projeto, para interagirem e orientarem os alunos.

As experiências mais significativas do Palco Escola, se deram nos bastidores da Escola Onze de Março, que ofereceu o Projeto de Música, de 2014 a 2018, graças ao Programa PRINART da SEDUC, que proporcionou à Escola a sua realização do Projeto.  Graças a esse incentivo, o projeto teve a oportunidade de realizar diversas experiências musicais dentro da escola, como aprendizado de música, troca de experiências, shows nos intervalos, oficinas de voz, workshops e diversas apresentações dos alunos em outras escolas e em eventos da cidade.

Os anos foram passando, as experiências amadurecendo e junto com a efervescência das atividades, foram nascendo as composições musicais, que culminou na gravação do CD e projeto solo Hélio San, (álbum Falsos Cidadãos gravado no House Estúdio, Araras/SP em 2016 com produção independente) e que será apresentado no Projeto Palco Escola como fruto colhido de todos esses anos de vivências e experiências com a música nas escolas e saraus universitários.

O Álbum Falsos Cidadãos, composto por 10 canções inéditas e autorais, aborda temas variados, como, a corrupção na política, as desigualdades sociais resultado do descaso e degeneração de falsos líderes da política brasileira, temas como o amor e recortes do cotidiano.

Além do lançamento do álbum musical, o Palco Escola por ser um evento cultural itinerante, se configura como uma “vitrine” de revelação de novos talentos entre os estudantes e jovens, oferecendo oportunidade dos mesmos se apresentarem no Palco, apreciar músicas autorais e outros produtos artísticos como obras literárias, ideias e contato com profissionais de diversas áreas.

Com esse intuito, o Projeto é um movimento, é uma conscientização e difusão de ideias por meio da música, visando o protagonismo juvenil e o empoderamento da juventude e das novas gerações. Espera-se com esse projeto, despertar novos talentos e movimentar a cultura musical de qualidade, usando a música como um instrumento de sensibilização e conscientização individual, revolução cultural e propagação da Cultura de Paz.

“Nossa meta é escrever essa história a partir da realidade de cada lugar, produzir música, estimular o surgimento de novos líderes e artistas comprometidos com a cultura brasileira e com a causa da transformação desse país, partindo dos estudantes e jovens, do cenário local, regional, estadual e nacional. Acreditamos que o século 21 se configura com base na economia criativa, nos princípios da cidadania e da sustentabilidade, e a música como um instrumento sensibilizador que age intimamente em cada indivíduo, sendo capaz de motivar, melhorar a autoestima e elevar o nível mental de cada pessoa, bem como despertar o interesse pela Escola,” pontua  Hélio Inácio Santana, Agente Cultural, Professor de Filosofia, Músico e propositor do Palco Escola.




fonte: Assessoria



anuncie AREEIRA anuncie aqui
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
zoom
High Society
Destaque VIP ao grupo Amigos do Bem que estão sempre juntos em prol de ajudar os mais necessitados realizando na cidade vários eventos, entre eles o Bazar e o Desfile Fashion Luz. Pessoas como vocês fazem a diferença. Nossos aplausos e reconhecimento. Em tempo parabenizamos Josinete Miranda pela passagem de mais um natalício. Felicidades e muitos anos de vida é o que lhes desejamos. Celebrar a amizade faz bem pra alma e pro coração. Nosso click as amigas Fabíola Campos Lucas e Andressa Braga.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados