Diretora administrativa: Rosane Michels
Sábado, 24 de Agosto de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Rezar com coragem e disposição
Data:06/04/2019 - Hora:09h42
Rezar com coragem e disposição
Divulgação

O Papa exortou na missa, na Casa Santa Marta, a insistir com o Senhor na oração.  Rezar com coragem, face a face com o Senhor, não de maneira morna, mas com disposição. Foi o que disse o Papa Francisco, na quinta-feira (4), na homilia da missa celebrada na capela da Casa Santa Marta, exortando-nos a nos dirigirmos a Deus dessa maneira. O Pontífice se concentra na oração, uma das três formas, junto com o jejum e a caridade, com as quais durante a Quaresma nos preparamos para a Páscoa. Para fazer entender em que consiste a oração de intercessão, o Papa recorda algumas figuras da Bíblia: Moisés, Abraão, Ana, a mãe de Samuel e a cananeia.

A Primeira Leitura da Liturgia, propõe a oração de intercessão que Moisés faz a Deus pelo povo. Por causa do bezerro de ouro, de fato, Deus diz: “Deixa que minha cólera se inflame contra eles e que eu os extermine.” Moisés implora ao Senhor para não fazer isso e fala com Deus “como um mestre fala ao discípulo”. Procura persuadir a Deus, com mansidão, mas também com firmeza, a abandonar o propósito de puni-los. Lembra ao Senhor as promessas feitas a Abraão, Isaac e Israel. É como dizer: “Mas Senhor, não fique mal, você fez tudo isso”!

Ainda na Primeira Leitura o Senhor diz a Moisés: “Mas de ti farei uma grande nação”. Mas Moisés intercede pelo povo, com o povo ou nada. Na Bíblia, observa o Papa, existem várias passagens de intercessão. Outro exemplo é quando o Senhor diz a Abraão que deseja destruir Sodoma. E Abraão, que tinha o sobrinho que morava lá, quer salvá-la e diz ao Senhor: se houver trinta justos, depois vinte, depois dez. E o Senhor responde, dizendo que, por causa deles, não será destruída. No final, apenas a família do seu sobrinho era justa.

Francisco também fez referência a outras formas de intercessão propostas na Bíblia. Por exemplo, Ana, a mãe de Samuel que, “em silêncio, fala em voz baixa, move os lábios e fica ali, rezando, rezando, rezando, balbuciando diante do Senhor, a ponto de o sacerdote que está ali olha para ela e pensa que estivesse bêbada”. Ana estava rezando para ter um filho. “A angústia de uma mulher” que intercede diante de Deus. No Evangelho há também uma mulher corajosa que “não usa a persuasão, não usa a negociação,  não usa a insistência silenciosa”. É a Cananéia que pede a cura de sua filha, atormentada por um demônio. Jesus diz a ela no início que ele foi enviado apenas para o povo de Israel: não é bom pegar o pão dos filhos para jogá-lo aos cachorrinhos. E ela não se assusta e insiste, dizendo a Jesus que até os cachorrinhos comem as migalhas que caem da mesa de seus donos. Essa mulher “não se assusta” e consegue o que quer. Em conclusão, o Papa volta, portanto, a exortar-nos a rezar com coragem




fonte: radiovaticana.va/news



anuncie aqui AREEIRA JBA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
zoom
High Society
Com a presença de autoridades e associados, a equipe do Sicredi Cáceres comemorou na manhã de ontem o Jubileu de Porcelana, que marca 20 anos de trabalho da Cooperativa na cidade. Na oportunidade a gerência ofereceu aos presentes um requintado café da manhã. Esta coluna deseja a toda a equipe muito mais sucessos, na máxima de  Destaque mais que especial ao Grupo Chalana que festejou 27 anos de existência, 27 anos cultivando amizades, transformando vidas, cultivando o amor pela cultura. A todos os Chalaneiros nosso reconhecimento e aplausos. Muito feliz em rever o amigo de longas datas,  Silvio Teles, Chefe de Gabinete da Câmara Municipal de Cáceres, que atende a todos com muita presteza e cordialidade, sem esquecer é claro da competência. Desejamos um excelente fim de semana e bom descanso.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados