Diretora administrativa: Rosane Michels
Terça-feira, 23 de Julho de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
FIPe
Detran e Batalhão de Trânsito começam Operação Motociclista Vivo no Estado
Data:29/1/2019 - Hora:08h55
Detran e Batalhão de Trânsito começam Operação Motociclista Vivo no Estado
Detran/MT

O Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT) e o Batalhão de Trânsito da Polícia Militar darão início nesta segunda-feira (28.01) à Operação Motociclista Vivo, que busca a conscientização dos motoristas e a redução dos riscos de acidentes envolvendo motocicletas.

As ações serão concentradas em blitzes educativas e fiscalizatórias, com a verificação de condições de regularidade e circulação dos veículos e condutores e também conscientização para normas de conduta e direção defensiva.

“Nosso objetivo, durante as abordagens, exclusivamente aos motociclistas, é observar se está tudo correto com o veículo, o que inclui itens de segurança, como farol, placas, lacres e a documentação. Além disso, o motorista deve estar utilizando o capacete e portar a carteira de habilitação”, explicou a gerente de fiscalização do Detran, Kerollain Pacheco.

Esse tipo de ação, segundo a gerente, é determinante para a redução no número de acidentes. “A fiscalização influencia diretamente na segurança e fluidez do trânsito, contribuindo para a efetiva mudança de comportamento dos usuários da via, e de forma específica, do condutor infrator, a partir da imposição de sanções, propiciando a eficácia da norma jurídica”, pontuou o presidente da autarquia, Gustavo Vasconcellos.

Em 2018, foram registrados 17.973 acidentes em todo o Estado, sendo 9.407 envolvendo motocicletas, o que corresponde a um índice de 52% do total de ocorrências, segundo dados da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp).

Já os registros do Sistema de Informações Hospitalares do SUS (SIH/SUS), da Secretaria Municipal de Saúde, apontaram que somente em Cuiabá, de janeiro a julho de 2018, foram registradas 1.326 internações por acidentes. Deste número, aproximadamente 80% das internações foram no Pronto-Socorro do município, o que gerou um custo de R$ 1 milhão em procedimentos hospitalares.

“Para se ter uma ideia, o Ministério da Saúde apontou que em Cuiabá, somente em 2015, houve 98 acidentes com vítimas fatais e deste total, 56 envolveram motociclistas. E quando a vítima não é fatal, os motociclistas ocupam o maior índice de gastos com internações e tratamentos de longo período nas unidades hospitalares”, concluiu a gerente de fiscalização.




fonte: Assessoria



JBA AREEIRA anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
zoom
High Society
Aniversariou ontem a querida Márcia Cristina Dal Toé, cercada de carinho pela sua linda família recebeu os abraços e as vibrações positivas do seu grande círculo de amizade. Esta colunista deseja felicidades e um ano repleto de coisas boas. Já conquistou o público paulista o artista plástico cacerense Sebastião Mendes, que após expor em Assis, já está articulando sua próxima exposição no Memorial Adélio Sarro em Vinhedo. Sucessos!!! Completou mais um ano de vida Luis Otávio Grassi, que brindou ao lado de familiares, amigos do peito e sua amada Luciane Dantas. Felicidades mil!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados