Diretora administrativa: Rosane Michels
Segunda-feira, 25 de Março de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Vigaristas rodam após aplicar golpe em banco
Data:19/12/2018 - Hora:09h25
Vigaristas rodam após  aplicar golpe em banco
Ilustrativa

Três mulheres foram autuadas em flagrante na última sexta-feira, em Mirassol D'Oeste, na região de Cáceres, acusadas de estelionato. Elas já eram investigadas por estarem usando documentação falsa para abertura de contas-correntes bancárias e foram surpreendidas no município de Curvelândia, quando tentavam movimentar uma conta-corrente aberta em um banco da cidade.

Duas delas foram autuadas em flagrante delito pelos crimes de estelionato, falsidade ideológica e uso de documento falso. Uma delas,  identificada pelas iniciais C.B. 65, por meio de documento falso em nome de uma terceira pessoa, realizou o cadastro na agência bancária, abrindo uma conta no Sicredi, conseguido até empréstimo de mais de R$ 7.000,00 no caixa eletrônico,  mas acabou em  cana após a descoberta do crime.

A prisão de duas vigaristas, aconteceu no interior da agência da Cooperativa de Crédito Sicredi, na cidade de Curvelândia, após a PM ser acionada pela gerência da agência, que relatou sobre um estelionato envolvendo duas mulheres como suspeitas. Um dos atendentes desconfiou da mulher e informou a gerência que acionou a polícia Militar, que na abordagem às duas, constatou  o uso de documento falso e realizaram a prisão das mulheres.

A gerência do Sicredi informou que há poucos dias atrás a suspeita C.B. estivera na agência onde abriu uma conta corrente utilizando o nome Maria da Guia Lima. Ela  já teria realizado um empréstimo no valor de R$ 7.100,00, através do caixa eletrônico. Havia também sido disponibilizado pela agência um cartão Sicredi Mastercard Gold no limite total de R$ 2 mil Reais e mais mil Reais na conta como limite.

No local, foi presa C.B e sua comparsa R.C.C, sendo conduzidos para a sede do núcleo de Polícia Militar para esclarecimento dos fatos e a confecção do Boletim de Ocorrência. Durante a entrevista a suspeita  relatou o que seu nome verdadeiro é Cleni não Maria da Guia e que havia mandado falsificar a identidade devido estar com nome negativado junto ao SPC e Serasa.

A mulher relatou ainda que  na realidade o documento é de uma mulher moradora da cidade de Poconé. A  outra mulher que estava junto com Cleni, se identificou como Regina, moradora de Cuiabá, que informou que  teria sido contratada pela suspeita pelo valor de R$ 450,00, para trazer a mesma até Curvelândia.

Regina alegou não saber de nada a respeito do golpe aplicado por Cleni, mas também foi presa e teve apreendido o veículo Fiat Uno  de cor  branca com placas de Goiânia. Uma terceira preesa, (nome não informado) foi abordada quando vendia semijoias, que foram apropriadas mediante fraude junto a fornecedores em Cuiabá. A suspeita já possui passagem criminal por crimes de falsidade ideológica ao atuar utilizando inscrição como médica veterinária de outra profissional na cidade de Mirassol D'Oeste.




fonte: PJC/MT com Redação



JBA AREEIRA anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
High Society
No rol dos aniversariantes hoje o médico Rodrigo Perez, que comemora a data envolto ao carinho da família e amigos. Que seu coração esteja sempre em festa, porque você é um ser de luz e especial para muitos. Parabéns que possa ter muitos anos de vida, saúde e prosperidades. Em tempo parabenizamos Ana Maria da Silveira Lima pela passagem de seu natalício. Que a vida continue sorrindo e presenteando você com as melhores graças, com muito amor, amizade e felicidades mil. De volta a city o jornalista e músico Daniel Alves de Macedo, que após longos dia em São Paulo retornou a Princesinha. Seja bem vindo!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados