Diretora administrativa: Rosane Michels
Quinta-feira, 27 de Junho de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
FIPe
Prefeito defende repatriar terreno e instalações do JBS
Data:27/11/2018 - Hora:09h21
Prefeito defende repatriar  terreno e instalações do JBS
Assessoria

Na última sexta-feira (23), foi realizada uma audiência publica no recinto da Câmara de Vereadores de São José dos Quatro Marcos, proposto pelo presidente da Câmara, vereador Roberto Moura, com o intuito de apresentar  uma  solução para a planta frigorifica da JBS Friboi que está fechada desde 2015 que culminou com a demissão de mais de 650 funcionários da empresa levando o município a um caos social.

Na audiência  foram citados pelo prefeito e  vereadores  todos os esforços feitos pela classe politica para a reativação da planta frigorifica da JBS Friboi  por outro empresa, inclusive as diversas  reuniões que foram realizadas com grupos  interessados na compra da planta frigorifica. Segundo o prefeito houve interesse de compra de grupos de investidores, mas  em contato com o grupo JBS eles pediram o valor de 100 milhões de reais; algo inviável segundo os investidores.

O presidente da Câmara Roberto Moura é  favorável que o município entre na justiça para repatriar o terreno da JBS,  afirmando que não é admissível que uma empresa que obtém recursos do BNDS para a compra de uma planta frigorifica por 35 milhões de reais se mantenha fechada. “Ninguém em sã consciência  rasga dinheiro, a não ser pelo cartel que foi feita pelo grupo JBS, que se utilizou de recursos emprestados pelo Governo Federal através do BNDS para realizar o monopólio regional, comprando e arrendando plantas frigorificas e depois fechando-as , ditando assim os preços da arroba de boi, e também o desemprego regional; por isso o Legislativo e executivo junto com a sociedade tomara medidas para a retomada desse patrimônio para o nosso município,” desabafou Moura.

O prefeito Ronaldo Floreano afirmou estar de pleno acordo que o município entre na justiça. “Entendemos que não poderia ocorrer o fato de que um terreno doado com finalidade específica de geração de renda e emprego, passado o tempo o que era público foi incorporado ao patrimônio particular sendo adquirido pelo grupo JBS por R$ 35 milhões, e hoje se encontra fechado por força de monopólio. Foram realizadas inúmeras reuniões e tratativas no intuito de reabrir ou vender o frigorifico e sempre o posicionamento negado pela diretoria da JBS. Vejo que neste momento  esgotaram todas as conversas, e a solução será a entrada na justiça pela prefeitura com  o apoio da câmara de vereadores e entidades e população de nosso município,”pontuou Floreano.




fonte: Assessoria



JBA anuncie anuncie aqui
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
zoom
High Society
A bela Aline Fontes, futura advogada e modelo agora alça novos voos, estreando no teatro da Light Rio  com a peça As Bruxas de Salém. Talento sabemos que tem, só nos resta desejar muito sucessos. Brindando data nova hoje o advogado Luis Mário Castrillon Mendes Araújo a quem enviamos votos de felicidades e muita saúde nesse novo ciclo de vida. Feliz Niver!!! Neuza, Eni e Ingrid Zattar, presença marcante na festança junina do Arraia da Riachuelo no click do amigo Wilson Kishi. Fica nosso registro.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados