Diretora administrativa: Rosane Michels
Segunda-feira, 25 de Março de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Canelada no Bereré do INSS
Data:27/11/2018 - Hora:08h56
Canelada no Bereré do INSS
Reprodução Web

Salvo alguma nova desgraça que sempre pega o sofrido trabalhador pelo calcanhar, sabe aquela martelada na calada da noite, coisa de legislador politiqueiro? Pois é, amigo, enquanto estamos em 2018, a abençoada intervenção na cidade maravilhosa obsta esta martelada no sagrado lapso temporal dos futuros aposentados, é bom os sessentões não dormir de touca, catalogar idade e seu tempo de contribuição e somado os pontos, (65 anos, 30 de contribuição se homem ou 55 anos, 30 de contribuição, se mulher), entrar logo com o pedido direto na agencia do INSS, sem necessidade de advogado, e aguardar o bereré integral, porque a ressaca do réveillon, pode ser indigesta. Sem querer assustar ninguém, as regras para receber o benefício integral do INSS mudarão a partir de 31 de dezembro, quando a fórmula 85/95 passará para 86/96. Um ano a mais pode até não parecer muito, mas esse sistema será gradualmente aumentado até 2026, quando as mulheres terão de atingir 90 pontos e os homens, 100. No olho gordo do governo, quanto menor for a idade do trabalhador, maior sua expectativa de vida e consequentemente, menor o número de contribuições, então o valor de sua aposentadoria também será mais baixo, dai, o sistema de pontos idade/contribuições. Essa questão de ponto é curiosa, veja, a soma da pontuação abrange meses, por exemplo, se a mulher tem 54 anos e seis meses de idade e 30 anos e seis meses de contribuição, ela pode se aposentar pela pela fórmula, pois os seis meses da idade mais do tempo de contribuição somam um ponto, totalizando 85. Já no caso dos barbados, se o amigo leitor emplacou  61 anos de idade e 34 anos de contribuição 61 + 34 = 95, não pode se aposentar, pois apesar de ter a soma 95, não tem os 35 anos de contribuição e o governo adora esta continha do capeta! E ela pode ficar ainda mais do lado dos poderosos e contra o trabalhador em 2019, especialmente aquela concedida para homens a partir dos 65 anos e, para mulheres, a partir dos 60, se comprovados 15 anos de contribuição. Se as  regras como idade mínima dependem do governo conseguir alterar a Constituição Federal, mudar o cálculo das aposentadorias é mais fácil, pois pode ser feito por projeto de lei ou por medida provisória. Uma coisa é certa, amigo leitor, déficit previdenciário é conversapra boi dormir, falácia de oportunistas politiqueiros, o que existe e já foi provado, inclusive em CPI do Congresso Nacional,  é superavit. Dados da Associação Nacional dos Auditores-Fiscais da Receita Federal do Brasil (ANFIP) e da Fundação ANFIP, apontam que, só pra citar dois exercícios, em 2014, as contribuições criadas e destinadas exclusivamente para a Seguridade Social somaram R$ 686 bilhões e todos esses gastos com Previdência Social, Saúde e Assistência Social somaram R$ 632 bilhões. Em 2013,  segundo a mesma fonte, a seguridade social teve um superávit de R$ 76,2 bilhões, então, senhores e senhoras, papo furado de déficit é desculpa pra sangrar ainda mais o trabalhador. Com tantos dividendos, divisores e quocientes, o resto é gordo, mas mesmo assim, dê sua canelada e evite ser mais ludibriado em seus direitos, exija sua sangrada e sagrada aposentadoria, antes que fique mais azedo o caldo, Bom Dia!

 



fonte: Da Redação



anuncie JBA anuncie aqui
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
High Society
No rol dos aniversariantes hoje o médico Rodrigo Perez, que comemora a data envolto ao carinho da família e amigos. Que seu coração esteja sempre em festa, porque você é um ser de luz e especial para muitos. Parabéns que possa ter muitos anos de vida, saúde e prosperidades. Em tempo parabenizamos Ana Maria da Silveira Lima pela passagem de seu natalício. Que a vida continue sorrindo e presenteando você com as melhores graças, com muito amor, amizade e felicidades mil. De volta a city o jornalista e músico Daniel Alves de Macedo, que após longos dia em São Paulo retornou a Princesinha. Seja bem vindo!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados