Diretora administrativa: Rosane Michels
Segunda-feira, 25 de Março de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Questão de Consciência
Data:24/11/2018 - Hora:09h20
Questão de Consciência
Reprodução Web

“Primeiro levaram os negros/Mas não me importei com isso/Eu não era negro./Em seguida levaram alguns operários/Mas não me importei com isso/Eu também não era operário./Depois prenderam os miseráveis/Mas não me importei com isso/Porque eu não sou miserável./Depois agarraram uns desempregados/Mas como tenho meu emprego/Também não me importei./Agora estão me levando./Mas já é tarde./Como eu não me importei com ninguém/Ninguém se importa comigo.” (Bertold Brecht). Escolhemos este belo introito do dramaturgo, romancista e poeta alemão, natural de Augsburg, na Baviera, Deustech, como pano de fundo neste black-week inconsciente para muitos que negando a ancestralidade, curtiu o 20 de novembro apenas como sequencial de um feriadão que começou com uma farsa de proclamação da república. Acendendo uma luz nas trevas de arianos racistas dissimulados, notáveis do Instituto Federal de Mato Grosso  de Pontes e Lacerda-Fronteira Oeste, explanou com sapiência, o tema na  11ª Semana da Consciência Negra, aberta quinta feira, com encerramento neste sábado, debatendo: Da Libertação à Liberdade: Constituição Cidadã e as Relações Étnico-Raciais, refletindo sobre os processos históricos sociais, cultura e identidade, cidadania e justiça social que dizem respeito não apenas à população negra, mas a brasileira como um todo. Muito oportuna a sinopse elaborada e abrangente, pois não importa os olhos azuis, o cabelo loiro e a pele branca, quando se é e aceita ser escravo, curvando-se ao  Senhor alvo, negando a própria raça, que voltando as origens, às células dos genes herdados de pais e antepassados, revelam ser a nossa raiz, africana. Negativo, as falacias que dividem as raças e tons de pele ao clima, ambiente, alimentação, dentre outros fatores, provado está que a vida humana surgiu na África, migrou para a Europa e Ásia. A migração para estes locais distantes, com o tempo, provocou algumas alterações nas características do homem como na cor da pele, cabelos, forma do crânio, face, altura e outras, como adaptação às necessidades de ambiente, temperatura, relevo e alimentação disponível. Entretanto, o surgimento de tipos físicos como os caucasianos ou asiáticos de olhos puxados e face plana, fenômeno biológico recente ocorrido apenas depois que o homem espalhou-se praticamente por toda a Terra, há digamos 10 mil anos atrás, não elimina a raiz, somos sim, todos de origem negra, apesar da insignificância da cor da pele. A Consciência Negra, deveria servir de exemplo à Inconsciência Incolor de escravos  similares, que genéricos, negam sua própria origem, como filho do mesmo Deus, Criador. Só pra concluir, amigo racista, indigno de questionar etnia, pra seu governo,  a genética não consegue identificar no laboratório a que raça  pertence um determinado indivíduo, pois não existe um perfil genético específico para o que um dia se conveniou que seria raça a partir da cor da pele. Raça vem da alma, do caráter, da luta contra os eternos exploradores do semelhante, alcateia de gravatas, sanguessugas, que assim agem diante da inconsciência das vitimas. In-fine: quem no presente nega seu passado, constrói um futuro sombrio, para si e os seus, pense nisso e tenha a simplicidade de se espelhar nos exemplos dos que lutam contra a opressão, ou será tarde, pois se você não se importar com ninguém, ninguém se importará contigo, lembrou de Brecht?




fonte: Da Redação



JBA anuncie AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
High Society
No rol dos aniversariantes hoje o médico Rodrigo Perez, que comemora a data envolto ao carinho da família e amigos. Que seu coração esteja sempre em festa, porque você é um ser de luz e especial para muitos. Parabéns que possa ter muitos anos de vida, saúde e prosperidades. Em tempo parabenizamos Ana Maria da Silveira Lima pela passagem de seu natalício. Que a vida continue sorrindo e presenteando você com as melhores graças, com muito amor, amizade e felicidades mil. De volta a city o jornalista e músico Daniel Alves de Macedo, que após longos dia em São Paulo retornou a Princesinha. Seja bem vindo!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados