Diretora administrativa: Rosane Michels
Domingo, 16 de Junho de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
QI novo
Lados Opo$tos
Data:09/11/2018 - Hora:08h30

Como uma bomba a noticia explodiu na noite de anteontem em todos os informativos televisivos e estampou as manchetes dos principais jornais do patropi na manhã de ontem, em letras garrafais, taxando o reajuste salarial de 16,38% dos ministros do STF e do procurador geral da República, passando o vencimento de um ministro do Supremo, dos R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil. Criticas vociferaram dos tecnocratas, lacaios do governo, contrários aos 41 senadores, que votaram a favor do reajuste proposto que deve ir para sanção do presidente Michel Temer, a quem cabe aprovar ou rejeitar o projeto. Caso vete, o senado tem o poder de cassar o veto, obrigando o executivo a sanção e publicação no DOU, para validade automática, o que deverá acontecer. Alguns leitores devem estar estranhando porque este editor não rufou os 41 senadores responsáveis por esta aprovação e a gente explica: primeiro, que não se trata de um reajuste de salário e sim, de reposição, haja vista que a última do Judiciário foi em 2014, quando o teto passou de R$ 29,4 para os atuais R$ 33,7 mil mensais. Somemos 4% de inflação em 4 anos, 16%, então, matematicamente está comprovado, não houve reajuste e sim, reposição, correto? Em segundo lugar, o deputado ou senador critico do teto do judiciário, deveria lembrar que ele custa aos bolsos do povo, mais de 4 vezes o vencimento de um juiz do STF, ou seja, somado o salário mensal R$ 33.763,00 com auxílio-moradia de R$ 4.253 ou apartamento de graça para morar; verba de R$ 101,9 mil para contratar até 25 funcionários; de R$ 30.788,66 a R$ 45.612,53 por mês para gastar com alimentação, aluguel de veículo e escritório; divulgação do mandato, entre outras despesas; dois salários no primeiro e no último mês da legislatura como ajuda de custo, ressarcimento de gastos com médicos, chegamos ao totum de R$ 179 mil por mês. E tem mais, para envergar aquela toga preta tão temida por políticos corruptos, o cidadão juiz, precisa ser bacharel em ciências jurídicas (Direito) ter registro na Ordem dos Advogados do Brasil, possuir no mínimo, 3 anos de atividade jurídica e dentre outras exigências sociais, não ter antecedentes criminais e estar apto física e mentalmente. Agora, vejamos o que é preciso para ser um deputado (estadual ou federal) e senador: Constitucionalmente, o sujeito, além de ser brasileiro, apenas ter seu pleno exercício dos direitos políticos (se condenado e estiver recorrendo, tá valendo); domicílio eleitoral no estado que vai representar e ser filiado a um partido (temos 35 partidos pra escolher). A única diferença de requisitos entre as duas casas é a idade mínima exigida: 35 anos para o Senado e 21 para a Câmara e o único caso de segundo grau exigido que encontramos, foi no poder, executivo. Não se referindo a escolaridade e sim, a parentesco de titular de mandato, no caso, esposa ou filhos em caso de sucessão. No mais, basta o político saber assinar o nome está apto para ser eleito, ganhar mais de 400% do salário de um ministro da mais alta corte de justiça do país. E então, alguém ainda tem alguma dúvida porque este país não funciona? E o salário mínimo, porque não tem reposição real com a inflação real? Perguntem aos deputados e senadores, os empregados do povo, se é que eles estão se preocupando com isso, embolsando mais de cinco salários mínimos por dia na somatória de benesse e penduricalhos. 




fonte: Da Redação



JBA AREEIRA anuncie aqui
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
High Society
 Queridos amigos Luiz Catelan e Sebastiana (Batana), é com todo orgulho que cabe em nossos corações que felicitamos vocês pelas bodas de ouro. Durante esses anos souberam alimentar a  chama do amor, sendo exemplo e inspiração para muitos casais  e hoje cinquenta anos depois  vocês continuam dando lição do que é companheirismo, amor, respeito, carinho... Para nós do JCC é um prazer partilhar desse lindo momento,  e poder estar ao lado de vocês nessa comemoração  de Bodas de Ouro. Certamente foi um longo caminho, dias e dias de alegrias, algumas tristezas, mas sobretudo muito amor. Desejamos de coração muitas felicidades para tudo o que juntos  ainda viverão! E nesse brinde especial do JCC o melhor momento do grande dia... Parabéns a você Sônia Arruda Pinheiro do Amaral! Hoje é o seu aniversário e por isso é um dia de festa. Espero que celebre com muita alegria e encha o coração de gratidão e esperança para viver mais um ano de vida. Desejamos toda a felicidade do mundo, muito amor, sucesso e saúde para todos os dias. Você merece tudo de bom que acontecer, pois é uma pessoa especial. Feliz Aniversário! Os flashs hoje são especiais a você. Nas fotos com a filha Simone. Simpática sindicalista, a agricultora familiar Rafaela Cunha, Presidenta do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Cáceres, já idealizando preparativos para o jubileu de ouro da sua base em 2020.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados