Diretora administrativa: Rosane Michels
Quarta-feira, 26 de Junho de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
FIPe
Deputado de Cáceres promete rigor na liberação de emendas
Data:06/11/2018 - Hora:09h01
Deputado de Cáceres promete  rigor na liberação de emendas
Arquivo

O deputado federal eleito em Mato Grosso nas eleições de 2018, Leonardo Albuquerque (Solidariedade), disse que os parlamentares da Câmara dos Deputados não têm o papel de apenas “mandar o dinheiro de emendas parlamentares e ficar calado, achando que tá tudo certo”.

Albuquerque se refere a recursos repassados pelo Poder Executivo ao membros do Legislativo e que são utilizados para investimento em políticas públicas. Ao ser questionado se seria oposição à gestão do governador eleito Mauro Mendes (DEM), em razão de Albuquerque, que é deputado estadual, ter sido líder na Assembléia Legislativa de Mato Grosso (AL-MT) do Governo Pedro Taques (PSDB), adversário de Mendes nas eleições de 2018, ele respondeu que irá “trabalhar pelo Estado”.

O deputado federal eleito, no entanto, não garantiu o repasse automático de emendas parlamentares para utilização do futuro Chefe do Poder Executivo de Mato Grosso. “Tem que ouvir os deputados federais. Não é só mandar esse dinheiro e ficar calado e achar que tá tudo certo. Tem que fiscalizar, acompanhar e contribuir muito”, disse ele.

Leonardo Albuquerque disse, ainda, que o Chefe do Poder Executivo não pode dispor dos recursos, sem “ouvir” os parlamentares e explicar onde seriam aplicados os recursos, pois assim ficaria com “todas as cartas na mão”.  “Esse é o entendimento. Tem que ser bem aplicada. Não é só direcionar e deixar o governador tomar a cartas por si só. Isso não resolve”, ressaltou o deputado federal.

Leonardo Albuquerque também comentou sobre os problemas enfrentados pela saúde pública no Estado. Ele lembrou que contratos que somam R$ 200 milhões – em grande parte, realizados nas últimas gestões do Poder Executivo Estadual com Organizações Sociais de Saúde -, representaram um rombo nas contas públicas em razão da má qualidade dos serviços prestados.

O deputado federal eleito explicou que a informação foi encontrada numa comissão parlamentar de inquérito que presidiu na AL-MT. Os fatos também são investigados pelo Ministério Público do Estado (MPE-MT). “Nos hospitais regionais do Estado de Mato Grosso uma auditoria provou um rombo bilionário. O hospital regional de Cárceres, por exemplo, o Tribunal de Contas apontou isso. Mais de R$ 200 milhões em contratos durante cinco anos que estão [em investigação] no Ministério Público”. Leonardo Albuquerque foi eleito com 52.335 votos.




fonte: Assessoria



JBA anuncie aqui anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
High Society
Rosas vermelhas a socialite cacerense Marília Fontes pela passagem de mais um ano. Que Deus lhe conceda muita saúde e muitos anos de vida. Hoje nossas homenagens com votos de felicidades. Grande beijo!!! Brindou data nova a querida Vandira Garcia que recebeu os parabéns dos amigos e familiares. Que Deus em sua infinita bondade lhe presenteie com um ano recheado de surpresas e coisas boas. Feliz Aniversário! Nosso abraço especial ao aniversariante do dia Felix Alvares, que festeja a data envolto ao carinho dos familiares e rol de amigos. Desejo o melhor para você não só hoje, mas sempre, e que esta data se repita por muitos anos.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados