Diretora administrativa: Rosane Michels
Sábado, 24 de Agosto de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Grupo voltou a ocupar fazenda de Silval e Riva
Data:01/11/2018 - Hora:09h31
Grupo voltou a ocupar  fazenda de Silval e Riva
Arquivo

Um grupo de aproximadamente 200 pessoas ocupou a Fazenda Agropecuária Bauru (Magali), de 110 mil hectares, no Município de Colniza, norte do estado, de propriedade do ex-deputado José Riva e do ex-governador Silval Barbosa. Há dois meses, o Ministério Público Estadual, por meio da Promotoria de Justiça de Colniza, oficializou ao Governo do Estado de Mato Grosso sobre risco de conflito armado por disputas de terras na região.

O clima no local é de tensão, já que 30 seguranças privados estão se deslocando para a fazenda e diante da situação, o MPE comunicou novamente as autoridades reiterando providências, já que há possibilidade de um confronto entre posseiros e seguranças.

“Não há dúvida de que a ausência de intervenção imediata do Estado pode ocasionar a morte de dezenas de pessoas”, consta no ofício encaminhado ao governador do Estado, com cópia integral da Notícia de Fato, solicitando adoção de providências para impedir o conflito armado.

De acordo com o MPE, a Fazenda Agropecuária Bauru (Magali) vem sofrendo invasões desde 2000 e, após a reintegração de posse ocorrida em 2017, as ameaças se intensificaram até culminar com a invasão do grupo, que tomou as terras à força. “Embora oficiado ao governador do Estado, ao secretário de Segurança Pública, ao delegado de Polícia e ao comandante da Polícia Militar local, há informação de que na última segunda-feira (29) houve a efetivação da invasão na propriedade rural por aproximadamente 200 pessoas, estando algumas delas na posse de arma de fogo”, informou o MPE.

Segundo relato do gerente da fazenda, não houve até o momento confronto armado, já que a segurança privada recuou para evitar o conflito, diante da sua inferioridade numérica, mas a informação é que nas próximas horas a segurança da fazenda será reforçada com a chegada de mais de 30 homens.

A preocupação do MPE é que ocorra novamente uma tragédia na região, assim como a registrada em abril de 2017, quando nove trabalhadores rurais foram brutalmente assassinados no Distrito de Taquaruçu do Norte.




fonte: Da Redação



AREEIRA anuncie aqui anuncie
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
Com a presença de autoridades e associados, a equipe do Sicredi Cáceres comemorou na manhã de ontem o Jubileu de Porcelana, que marca 20 anos de trabalho da Cooperativa na cidade. Na oportunidade a gerência ofereceu aos presentes um requintado café da manhã. Esta coluna deseja a toda a equipe muito mais sucessos, na máxima de  Destaque mais que especial ao Grupo Chalana que festejou 27 anos de existência, 27 anos cultivando amizades, transformando vidas, cultivando o amor pela cultura. A todos os Chalaneiros nosso reconhecimento e aplausos. Muito feliz em rever o amigo de longas datas,  Silvio Teles, Chefe de Gabinete da Câmara Municipal de Cáceres, que atende a todos com muita presteza e cordialidade, sem esquecer é claro da competência. Desejamos um excelente fim de semana e bom descanso.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados