Diretora administrativa: Rosane Michels
Domingo, 21 de Abril de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
JUBA
Na Clava do Sol
Data:19/10/2018 - Hora:07h37
Na Clava do Sol
Reprodução Web

Conhecemos apenas de nome o compositor Nato de Souza, deve ser um nato artista que ainda não tivemos aquele prazer de ganhar um tempo solfejando um agradável papo, como conversam os compositores, na arte musical, os verdadeiros Pais da Criança (musica), ignorados pela mídia que destaca apenas os cantores e grupos afins. No reino tupiniquim, os compositores e neste rol este editor se inclui, são alvo da clava de sol, executados na Berlinda enquanto suas obras primas são executadas nas rádios, TVs, etc. O tema nos veio a tona, rebuscando a musica na história de Cáceres, pródiga desde a fundação no século XVII aos anos dourados do século XX, frustrada sua exumação em 2013, quando nosso ilustre desconhecido compositor Nato de Souza e uma plêiade de músicos tentaram criar formalmente a Associação dos Músicos na cidade. Pelo que constatamos, ficou somente em idéias e planos, comissão nomeada, promessa velada da implantação de uma orquestra no município, cafezinhos, blá-blá,blás, cocoreco, bico de pato e os cambaus, como a maioria das coisas neste patropi, e, Cáceres não poderia ser diferente. E no compasso dissociado desta associação que nasceu morta, viajamos ao longínquo ano de 1892, quando a Banda de Musica animava uma reunião realizada pelo Conselho de Intendente, sob a presidência do Cel. Mariano Ramos; próxima parada, em 1931, quando o então prefeito Costa Marques procedeu a aquisição de instrumentos para a Banda de Música Municipal; chegando mais recentemente, se assim se pode dizer, aos anos dourados de 1980, na Cáceres fervilhante musicalmente falando, conjuntos musicais disputando o espaço para animarem bailes, realizados em clubes, além de carnavais, shows em exposições agropecuárias, festas de aniversários, datas comemorativas etc. No viés das pesquisas trocamos idéia com o saxofonista músico Antônio Saturnino da Silva, que encantava a todos tocando Cavalgada e Czardas, quiçá Milionário, no solo de guitarra de Osmar Luiz de Camargo Negrão, e Walter Cândido de Oliveira, o popular Picolé, na percussão; os conjuntos musicais Status e Sol de Verão animando noitadas e matinês, tudo uma brasa, mora! Papo firme, bicho, porque a musica não pode parar, afinal ela é a linguagem da alma. Quando o trem é bom e o jornalismo sério, músicos são destaques, veja que a banda Status, foi destaque no Jornal Correio Cacerense, pág. 3, em 17 de novembro de 1984 e a matéria publicada no Correio Cacerense, repetiu a dose em 13 de julho de 1985, apresentando a importância deste conjunto musical para a sociedade cacerense a região. E 23 anos após, no Canal 240 do aniversário de Cáceres, aos remanescentes da musica em Cáceres, o Correio Cacerense voltou a abrir espaços com destaques, para nossos artistas da Clave de Sol, enquanto em alguma gaveta sob a Clava de Hipnus, o Deus do Sono, filho de Morfeu e irmão gêmeo de Tânato, repousa a propalada promessa de associação de músicos, rabiscada em várias mãos naquela reunião de 2013. Felizmente, o sonho não acabou, assim apostamos, com os heróis da resistência, Felintinho, Zé Carlos e Zezinho Carlinhos da Zoom, Montechi, Tera, dentre outros, e claro, este editor que continua com as páginas do Correio Cacerense, abertas para os músicos da Clave de Sol, Bom Dia!




fonte: Da Redação



anuncie anuncie aqui AREEIRA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
zoom
High Society
Embelezando nossa High Society o gatinho Miguel em ensaio fotográfico comemorativo a Páscoa. Sorriso fácil que encanta a todos deixando os avós corujas Gilda e Gilmar Assunção cada dia mais apaixonados. Beijinhos mil e muita saúde ao Miguel. Destaque mais que especial as mulheres da Casa da Amizade que ontem num gesto solidário e de amor ao próximo dedicaram uma manhã em prol das crianças e adolescentes atendidas pelo Projeto Gonçalinho. Na oportunidade além de distribuírem ovos de páscoa a todos, ainda doaram atenção com conversas e muita alegria. São atitudes como essa que fazem a diferença, uma vez que páscoa não é só chocolate, mas doação e amor. Nosso registro e nossos aplausos...  Festejando data nova a querida amiga Dayse Tedesco Ribeiro que hoje recebe os abraços do rol de amigos e dos familiares. Que esse novo ano venha recheado de coisas boas e felicidades.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados