Diretora administrativa: Rosane Michels
Domingo, 16 de Junho de 2019
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
QI novo
Sonho e Pesadelo dos Zés
Data:17/10/2018 - Hora:09h01
Sonho e Pesadelo dos Zés
Reprodução Web

Zé, que é o nome de José quando é pobre, (se é rico, é Doutor José, mesmo semi-analfabeto), sonha em ser candidato a deputado federal, alega que a constituição federal assegura-lhe este direito. Que está quites com a justiça eleitoral, votou já duas vezes, tem o primeiro grau completo, é maior de 21 anos, filiaram ele num partido político pra complementar números há mais de um ano, é brasileiro, nunca foi processado, então truco, o Zé tem mesmo o direito de ser candidato e pronto. Quanto a declarações de bens, ele só tem a Chiquinha que ele chama de bem, um salário mínimo de comerciário, mora com os pais numa casa popular, então nem contador vai gastar pra preencher o Candex, basta pegar e chamuscar seu autógrafo, tá certo? Errado, Zé, mesmo você tendo todos os direitos legais pra ser candidato, alguns requisitos paralelos a isso, obstam seu sonho de chegar lá, quiçá numa câmara de vereadores, poderia sonhar em ser suplente, já um pouco além, por exemplo na assembléia legislativa, o bicho pega, afinal, você é pobre, mano! Um dos problemas que você terá pela frente, a indicação de um aspone do tigrão do partido, que seleciona os pré-candidatos, pobre não entra, exceto, na cabine da zona eleitoral (nominho sugestivo, Xo-mano!) a cada dois anos pra votar nos bacanas; depois, tem outro problema, no Brasil, pobre não gosta de pobre, amigo, então complica no quociente mínimo, a chegada de um Zé na assembléia legislativa, imagine, na câmara federal. Pra não te desanimar, reunimos aqui, como base na declaração de bens disponibilizada no TSE, a relação de pólitcos eleitos este ano à AL-MT, nenhum pobre ou classe media, dos 24, 12 são milionários, o resto, classe media. Dilmar Dal’Bosco, patrimônio de R$ 22,2 milhões; Eduardo Botelho, R$ 6.693.087,03; Guilherme Maluf, R$ 5.147.112,01. Ai vem mais gente rica, abonada mesmo, de verdinhas aos montes, Janaína Riva, Nininho, Max Russi, Engenheiro Sebastião Machado Rezende, Valmir Moretto, Faissal, Dr. Eugênio, Silvio Favero e Dr. Gimenez. João Batista do Sindspen é quem teve a menor declaração, R$ 63.314,00 dinheiro que você, Zé, não ganha em cinco anos de trabalho no comercio, é parada dura, amigo. Ninguém discute o direito dos Zés, Bastiãos, a grande questão é que o eleitorado do patropi não gosta, não vota e não apóia candidato pobre, prefere votar num Tiririca, brincar com algo sério, a apostar no caráter de um similar de seu bairro. Já dizia o famoso escritor cearense professor de História, filosofia e psicologia Randerson Figueiredo, que pobre não gosta de pobre, isso é um fato, e rico também não, mas o rico tem lá seus motivos, afinal, desde que o negro, no geral, pobre saiu da senzala e foi à casa grande causou um estardalhaço tremendo, o rico se sentiu ameaçado. Cediço, embora contestado pelos burgueses, o rico nunca admitiu sentar lado a lado com um pobre na universidade, fazer academia ao lado da sua diarista e comprar morangos no supermercado junto com outra pessoa menos favorecida para comer com creme de leite. Esta é uma realidade impar no reino tupiniquim, Zé, infelizmente, se pode notar o mesmo entre os pobres, (financeiramente de conhecimento), certa ojeriza com os da mesma classe, na lógica, injustificável, na pratica, inaceitável. Esquece, Zé, você nasceu e mora no Brasil, sem chances. 




fonte: Da Redação



JBA anuncie anuncie aqui
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
Multivida
zoom
High Society
 Queridos amigos Luiz Catelan e Sebastiana (Batana), é com todo orgulho que cabe em nossos corações que felicitamos vocês pelas bodas de ouro. Durante esses anos souberam alimentar a  chama do amor, sendo exemplo e inspiração para muitos casais  e hoje cinquenta anos depois  vocês continuam dando lição do que é companheirismo, amor, respeito, carinho... Para nós do JCC é um prazer partilhar desse lindo momento,  e poder estar ao lado de vocês nessa comemoração  de Bodas de Ouro. Certamente foi um longo caminho, dias e dias de alegrias, algumas tristezas, mas sobretudo muito amor. Desejamos de coração muitas felicidades para tudo o que juntos  ainda viverão! E nesse brinde especial do JCC o melhor momento do grande dia... Parabéns a você Sônia Arruda Pinheiro do Amaral! Hoje é o seu aniversário e por isso é um dia de festa. Espero que celebre com muita alegria e encha o coração de gratidão e esperança para viver mais um ano de vida. Desejamos toda a felicidade do mundo, muito amor, sucesso e saúde para todos os dias. Você merece tudo de bom que acontecer, pois é uma pessoa especial. Feliz Aniversário! Os flashs hoje são especiais a você. Nas fotos com a filha Simone. Simpática sindicalista, a agricultora familiar Rafaela Cunha, Presidenta do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Cáceres, já idealizando preparativos para o jubileu de ouro da sua base em 2020.
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados