Diretora administrativa: Rosane Michels
Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
QI novo
Café da Manhã
Data:03/10/2018 - Hora:09h13

Lavagem de Grana

Como se não bastassem os CPFs estarem sendo usados por políticos para lavar dinheiro em vaquinhas, os participantes de loterias administradas pela Caixa poderão ser obrigados a registrar o número do CPF no momento de cada aposta. O objetivo é facilitar a investigação de crimes como lavagem de dinheiro e ocultação de bens, direitos e valores. Projeto de lei do Senado, (casa que esconde seus lavadores de dinheiro) com esse objetivo já pode ser incluído na pauta de votações da Comissão de Assuntos Econômicos. O relator insere alterações no projeto que obriga as administradoras de loterias a divulgarem pela internet, em até 90 dias o nome, o CPF e o endereço dos ganhadores dos prêmios.

 

Merrecas de Bolso

Os tais ociosos ganhadores de altos salários pagos com o nosso dinheiro, não devem ter o que fazer mesmo, além de balelas e coçar o saco, mesmo porque quem fatura uma megasena, uma quina, mesmo os 14 pontos do lotofacil, pra receber a granolina já precisa anexar o CPF, que é uma exigência da Receita Federal no desconto do Imposto de Renda deduzido e posteriormente devolvido. Agora querer o CPF de quem fatura 11 pontos no Lotofácil e ganha R$ 4,00; um duque na Quina e ganha R$ 3,00 e pode representar um risco de lavar toda essa grana no bolso da calça no tanque, é brincadeira, né?

 

Merrecão na Mala

Falando em merreca, Luis Olinto, um cidadão de Araguaina, (leste de MT) foi abordado anteontem em sua cidade com R$ 500 mil em uma mala, quando se dirigia à casa de sua avó. Em depoimento à Polícia Civil. Luís Olinto disse ser irmão do deputado estadual Olyntho Neto (PSDB). Conforme os policiais, durante o flagrante, ele estava dentro de um carro com o sargento da Polícia Militar Edilson Ferreira. O veículo teria sido alugado pela Assembléia Legislativa e em nota, a assessoria do deputado disse que o irmão dele é advogado, empresário e que todas as atividades que exerce são independentes têm origem lícita, e não possuem vínculo algum com a campanha eleitoral.

 

Santinhos & Capetas

Ultima semana de campanha eleitoral, aliás, últimos quatro dias, porque domingo não pode sequer entregar santinhos, seja em caixinhas de correio, debaixo de portas, jogados nas ruas e ou entregues em mãos. Quem for flagrado nestas atitudes pode ser preso em flagrante e complicar a situação de seu candidato, portanto fica aqui o recado. Por falar em santinhos, o que tem de capetinhas jogando eles por atacado nas varandas, janelas, caixas postal e debaixo de portas não está no gibi. Os coordenadores de campanha devem ficar atento, porque além de espantar votos, é um desperdício e sujeira, isso não ganha eleição.

 

Sem Cana, Turma!

Desde ontem, (2), os eleitores só poderão ser presos em algumas situações específicas, segundo regem as normas estabelecidas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). As pessoas só poderão ser detidas em flagrante e algumas outras situações (veja abaixo). A propaganda eleitoral gratuita segue até quinta-feira (4), mas podem entregar santinhos até sábado. Já, ratificando de terça-feira a domingo, dia do pleito, nenhum eleitor poderá ser preso. Segundo o TSE, a medida serve para garantir o equilíbrio da disputa e prevenir que prisões sejam usadas como manobra para prejudicar um determinado candidato. As únicas exceções são: se alguém é condenado por crime inafiançável, pego em flagrante ou por desrespeito de salvo-conduto.




fonte: Da Redação



anuncie aqui JBA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
zoom
Multivida
High Society
Simpatia ímpar, irradiando nesta primavera florida, a florzinha Renata de Almeida Leite Genunino, presença marcante como assistente administrativa da Sicmatur, sempre com aquela presteza peculiar ao atender as pessoas na secretaria, ilustrando hoje nossa coluna. Beleza e chame são fundamentais e Liandra Mendonça Pinheiro, experiente bióloga e coordenadora da Sicmatur, comprovam isso, no dia a dia to work, fina estampa do Novo Sol da High-Society. Visitando a gente na semana passada, o amigo Leandrinho, que já trabalhou no Correio e faz verão na Andorinha Transportes, como zeloso funcionário, matando a saudade, com a esposa Suélem, Mamy e titia, volte sempre garoto!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados