Diretora administrativa: Rosane Michels
Quarta-feira, 17 de Outubro de 2018
Pagina inicial Utimas notícias Expediente High Society Galeria Fale conosco
QI novo
Café da Manhã
Data:27/09/2018 - Hora:08h13

Sem Cadeia

Desde o último sábado (22), candidatos a cargos eletivos nas eleições de outubro não poderão ser presos, a menos que seja em flagrante. A Lei Eleitoral veda prisões nos 15 dias anteriores à eleição. Após o primeiro turno, no dia 7 de outubro, a restrição valerá apenas para os candidatos que forem disputar o segundo turno. Azar dos que acreditaram que iam pro segundo round da luta e beijaram a lona antes da hora, agora é ficar antenado até dia 9 porque o galo cantou depois das 48 horas pós eleição, a carruagem vira abóbora e os gatos e gatas borrralheiros, (as) ficam no preju.

 

Livres prá Votar

A Lei Eleitoral também proíbe a prisão de eleitores, mas somente cinco dias antes do pleito, ou seja, a partir de 2 de outubro, os eleitores só podem ser presos em flagrante ou para cumprir sentença condenatória por crime inafiançável. A regra vale até 48 horas após a votação. Como eleitor só serve mesmo pra votar e acreditar nas promessas dos bacanas, o negócio é segurar as pontas até o dia 2, botar pra quebrar e deixa a conta pra depois, vai gastar o bereré que o candidato deu em troca do voto, só não vale falar demais e suave na nave, que o flagrante relaxa na quarta feira e não é de cinzas.

 

Ponte de Retalhos

Moradores de comunidades rurais, em Rondonópolis e Pedra Preta, colocaram tábuas em pontes danificadas e criaram um desvio em uma estrada de terra por causa das más condições de trafegabilidade das pontes de madeira. As estruturas estão danificadas e é impossível trafegar pelas vias.Segundo os moradores ponte está danificada há quatro meses. As famílias atravessam a ponte com os estudantes para que as crianças possam ir até a escola e a gente indaga: cadê os R$ 21 bilhões e 600 milhões que o impostômetro registra em Mato Grosso apenas este ano? Negócio seguinte, dinheiro tem e muito, o que falta é vergonha dos governantes.

 

Árvore e Pedras

Falar em descaso, falta de atenção com a coisa pública, nem sempre culpa do prefeito que não tem bola de cristal ou mil olhos, mas de comandados, que ganham dinheiro público e fazem serviços nas coxas. Fim de semana caiu um galho de uma árvore aqui na Rua Coronel Ponce obstruindo 60% da rua e o trem ficou lá por três dias sem que ninguém tomasse providencias, um absurdo, a gente vendo a hora de um acidente. E pra calçar com cuspe a bagunça, as pedras sextavadas da rua, muitas soltas depois que fizeram um serviço de rede de água. Atrás de gatos, ficou a cachorrada do serviço de terceira qualidade, só faltando agora São Pedro abrir com força as torneiras do céu pra isso aqui ficar um inferno.

 

Novo Endereço

A Coordenadoria de Vigilância Sanitária em Saúde  já está atendendo em novo endereço, no bairro Monte Verde, Rua Olavo Bilac, número 01, quadra 05, próximo à Igreja São Judas Tadeu. Os horários de atendimentos permanecem os mesmos, das 7h00 às 11h00 e das 13h00 às 17h00. Mais informações podem ser obtidas no telefone 3223-0007.

 

Blitz & Bagunça

Uma blitz da Lei Seca realizada pela Polícia Militar no final da tarde do último domingo na rodovia MT-251, entre Cuiabá e Chapada dos Guimarães, gerou um congestionamento de cerca de 20 quilômetros e por pouco não gerou uma tragédia com a revolta dos motoristas que chegaram a ficar cerca de quatro horas parados na fila. Não se discute a importância da fiscalização dos motoristas, entretanto o que, se espera, é que as próximas sejam feitas com maior profissionalismo e menos sensacionalismo por parte da cúpula da PM no Estado.

 




fonte: Da Redação



anuncie aqui JBA
»     COMENTÁRIOS


»     Comentar


Nome
Email (seu email não será exposto)
Cidade
 
(Máximo 1200 caracteres)
Codigo
 
Publidicade
High Society
Simpatia ímpar, irradiando nesta primavera florida, a florzinha Renata de Almeida Leite Genunino, presença marcante como assistente administrativa da Sicmatur, sempre com aquela presteza peculiar ao atender as pessoas na secretaria, ilustrando hoje nossa coluna. Beleza e chame são fundamentais e Liandra Mendonça Pinheiro, experiente bióloga e coordenadora da Sicmatur, comprovam isso, no dia a dia to work, fina estampa do Novo Sol da High-Society. Visitando a gente na semana passada, o amigo Leandrinho, que já trabalhou no Correio e faz verão na Andorinha Transportes, como zeloso funcionário, matando a saudade, com a esposa Suélem, Mamy e titia, volte sempre garoto!
Ultimas norícias
Exediente
Versão impressa
High Society
Fale conosco
VARIEDADES
POLÍTICA
POLÍCIA
OPINIÃO
ESPORTES
EDITORIAL
ECONOMIA
CIDADE
ARTIGO
Jornal Correio Cacerense 2015
Copyright © Todos direitos reservados